Relação do Flamengo com o Estado piora após aproximação de vascaínos com o governador





Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

Entre no grupo de whatsapp da CENTRAL DO VASCO, SOMENTE NOTÍCIAS, SEM CONVERSAS!CLIQUE AQUI!

https://s2.glbimg.com/grMkAb2o_zHQmEeeIjPSjhwbcoY=/0x0:5464x3070/924x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_da025474c0c44edd99332dddb09cabe8/internal_photos/bs/2021/b/B/RhHYr4RsCfmvMBTX49yQ/93816715-ri-rio-de-janeiro-rj-09-07-2021-final-da-copa-america-2021-brasil-x-argentina-final-do.jpg

Não anda nada boa a relação entre Flamengo e Governo do Estado no diálogo sobre a nova concessão do Maracanã. E isso tem a ver com a aproximação do Vasco e da 777 Partners junto ao governador Cláudio Castro. A batalha de bastidores promete esquentar até a definição sobre o adiamento do edital.

O clube rubro-negro acredita que vem do rival a pressão pelo atraso e atribui esse possível convencimento à política feita pelo vice-geral do Vasco, Carlos Osório, com o vice da pasta de Castro, o prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis, vascaíno declarado.





Recentemente, o governador recebeu comitiva do Vasco com o presidente Jorge Salgado, membros da 777 e foi acolhedor com as demandas do clube, que também quer participar do edital, mesmo já tendo São Januário. O Flamengo contesta uma série de pontos do novo edital e vai apresentar proposta até 27 de outubro, enquanto trabalha a frente do estádio próprio para o futuro.

O Flamengo também não vê com bons olhos a ideia prevista no edital para o uso do Maracanã pelos quatro clubes grandes do Rio, e entende que sustentaria a manutenção do estádio com seu maior público e beneficiaria o Governo do Estado sem ter a contrapartida da autonomia da gestão do patrimônio. Sem contar os possíveis danos ao gramado pelo excesso de jogos.

O Vasco planeja a aproximação política para tentar mandar jogos no Maracanã ainda durante a Série B, e tem pretensões de utilizar o estádio após nova concessão, de forma esporádica. Por isso, seguirá cobrando do Estado e de Flamengo e Fluminense que outros clubes possam usufruir do palco, como consta no atual edital e está previsto para constar no próximo.

Fonte: Blog Panorama Esportivo – O Globo






Você pode gostar...