Vasco terá que pagar dívida com a Ferj para realizar registro da SAF





Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

Entre no grupo de whatsapp da CENTRAL DO VASCO, SOMENTE NOTÍCIAS, SEM CONVERSAS!CLIQUE AQUI!

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) analisou, na tarde desta segunda-feira, o pedido do Vasco para registro do Vasco da Gama Sociedade Anônima do Futebol. Em reunião na sede da entidade, a diretoria decidiu que só vai dar andamento ao processo quando o clube pagar a dívida que tem com a Ferj.

SAF do Vasco foi vendida para a 777 Partners no início de agosto — Foto: Divulgação

SAF do Vasco foi vendida para a 777 Partners no início de agosto — Foto: Divulgação

A decisão cumpre o que aconteceu também no processo de registro do Botafogo e vai de encontro ao que está descrito no regulamento da Ferj para registro da SAF. O artigo 8º do documento diz o seguinte:

“No caso de constituição e registro da SAF na 1ª e 2ª Modalidades, haverá a necessidade de regularização de todos os débitos existentes em nome do clube original, além do pagamento da taxa prevista caso haja alteração da sede do município no ato da transformação”.

Regulamento da Ferj sobre registro da SAF — Foto: Reprodução

Regulamento da Ferj sobre registro da SAF — Foto: Reprodução





De acordo com o último balanço financeiro divulgado pelo Vasco, em abril deste ano, a dívida do clube com a Ferj era de R$ 6,8 milhões, descrita da seguinte forma:

“São valores devidos, em sua quase totalidade, por pagamentos efetuados pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) para despesas operacionais de jogos de futebol, principalmente no exercício de 2017, que não foram ressarcidos à Federação quando da ocorrência dos referidos eventos esportivos, não possuindo taxa de juros contratual. O clube está negociando a forma de pagamento da dívida”.

O Vasco será notificado pela Ferj, e a dívida não precisa ser quitada de uma única vez, com o clube podendo negociar o parcelamento. A 777 Partners pretende encerrar o processo de transição da SAF no início de setembro, portanto já na próxima semana. Para isso, precisa dar andamento ao registro da empresa primeiramente na federação carioca e, só depois, na CBF.

Com o registro nas entidades, os próximos passos são a transferência dos ativos do departamento de futebol (contratos de jogadores, membros da comissão técnica…) para a SAF e também a transferência de 70% das ações para a 777, que começará a investir no Vasco – o grupo americano tem o compromisso de injetar R$ 120 milhões ainda este ano.

A 777 Partners comprou 70% da SAf do Vasco por R$ 700 milhões e também vai assumir até R$ 700 milhões das dívidas do clube.

Fonte: GE






Você pode gostar...