‘Pantanal’: Tenório pode ter cometido assassinato por Zuleica no passado; entenda





Saiba tudo sobre novelas! Se prepare para a nova novela das 9, entre no Grupo no facebook. Entre no Grupo de Novelas e famosos no Facebook Clique aqui

SAIBA TUDO SOBRE NOVELAS, ENTRE NO GRUPO NO WHATSAPP – CLIQUE AQUI

Em 'Pantanal', Zuleica contará a Guta que Tenório pode ter matado médico que a estuprou — Foto: TV Globo/Divulgação

Em ‘Pantanal’, Zuleica contará a Guta que Tenório pode ter matado médico que a estuprou — Foto: TV Globo/Divulgação





O passado de Zuleica (Aline Borges) é marcado por muita dor. A segunda esposa de Tenório (Murilo Benício), que, agora, é a única, tem enfrentado uma barra desde que se mudou para o Pantanal. Recentemente, ela contou a Marcelo (Lucas Leto) que ele não é filho biológico do fazendeiro. O rapaz, na verdade, é fruto de um estupro que ela sofreu de um médico, no hospital que trabalhava em São Paulo.

Em uma conversa com Guta (Julia Dalavia), ela irá revelar que o criminoso morreu logo depois que abusou dela, e que Tenório pode estar envolvido.

“Ele (Tenório) não sabe do estupro em si. Até porque ele nunca me perguntou dos detalhes. Mas ele sabe que eu fui assediada durante algum tempo. Não teve muito como evitar. Eu estava fria e distante. Na intimidade, então, nem se fale”, comentará ela.

A enfermeira, então, relembrará da época: traumatizada, terminou o namoro com o fazendeiro, pois não se sentia pronta para confiar em outra pessoa. Ele, por sua vez, abriu o jogo, dizendo que era casado. Os dois se afastaram por algumas semanas, até o dia em que Tenório apareceu no hospital.

“O médico estava lá?”, questionará Guta.

“Ele me prendeu no plantão até mais tarde, como sempre fazia. Eu não sabia que dessa vez o seu pai estava ali. Ele ficou lá, observando o dia inteiro, como quem não quer nada. E viu quando o maldito me pegou pela cintura. (…) Eu disse que se ele não tirasse a mão de mim, eu iria gritar. E sabe o que ele me disse? ‘Grita. Grita, que eu gosto assim, negrinha!’. Ele me puxou para uma sala e, para a minha sorte, o seu pai ficou ouvindo atrás da porta. Quando o maldito veio para cima de mim, o seu pai entrou e o agarrou pelo pescoço. Foi tudo muito rápido. Eu nunca vi o seu pai daquela maneira. Eu nunca tinha visto tanto ódio nos olhos de alguém, como eu vi naquele dia. (…) Ele disse que ele tinha mexido com a mulher errada e que, se fizesse isso de novo, ia ter o que estava procurando”, contará Zuleica.

“O que aconteceu com o médico?”, pergunta a jovem.

“Ele morreu em um acidente um pouco depois. Foi um choque. Saiu em todos os jornais. Ele foi encontrado preso nas ferragens do carro. Com os documentos na boca. Não os documentos que você está pensando. São os outros”, revela a enfermeira.

“Você acha que o meu pai…”

“O seu pai e eu nunca tocamos nesse assunto. Quando eu voltei para a casa, o seu pai estava me esperando. Ele disse que eu poderia ter contado a verdade para ele. Eu fiz pouco caso. E disse que ele estava me assediando há um tempo. Mas não era grande coisa. Quando eu descobri que estava grávida do Marcelo, ele disse que ia se separar da sua mãe para ficar comigo.”

Fonte: Gshow







Você pode gostar...