Paulo Bracks acerta com a 777 e será o diretor executivo do Vasco





Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

Entre no grupo de whatsapp da CENTRAL DO VASCO, SOMENTE NOTÍCIAS, SEM CONVERSAS!CLIQUE AQUI!

https://s2.glbimg.com/zyUNBljPaYHNXgTkx_P6ITSzgpM=/0x0:2047x1365/1008x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_bc8228b6673f488aa253bbcb03c80ec5/internal_photos/bs/2022/g/3/EqxBTMQEAMMTugs6iSxw/51812598538-b09db487fd-k.jpg

O atual presidente do Vasco, Jorge Salgado, já sabe: Paulo Bracks irá assumir a diretoria do clube com a chegada da 777 Partners. O profissional, que está livre no mercado desde a saída do Internacional, no início de março, assinou um acordo com o Grupo e será o homem forte do Futebol depois que a SAF for oficializada no Cruzmaltino.

Procurado pela reportagem, Paulo Bracks não respondeu as mensagens, mas o Jornal O Dia apurou que o diretor aguarda apenas o término dos trâmites burocráticos para iniciar os trabalhos no Vasco. Desde que foi procurado por membros da 777 Partners, Bracks já teve, ao menos, oito reuniões com o Grupo para traçar os próximos passos. Segundo ouviu a reportagem de pessoas da 777 Partners, Bracks, a todo momento, diz que está extremamente motivado com o projeto e deseja fazer o Vasco voltar a brilhar na parte de cima do futebol brasileiro.

QUEM É PAULO BRACKS?

Paulo Bracks tem 41 anos, é advogado e pós-graduado em Direito Desportivo, conta com formação de Gestão do Futebol pela CBF e Gestão Técnica pela Universidade do Futebol. Além disso, Bracks é professor da CBF Academy.

O profissional acumula passagens por América-MG, onde fez um grande trabalho, sobretudo na categoria de base, e Internacional. No Colorado, ele foi responsável pelas tratativas da maior venda da história do clube gaúcho: a ida de Yuri Alberto para o Zenit, da Rússia, por mais de 25 milhões de euros.





O PONTAPÉ INICIAL FOI DADO:

O processo de transição, inclusive, já foi iniciado. Jorge Salgado anunciou nesta quarta-feira a dissolução do Comitê do Futebol que o auxiliava nas decisões do clube. Agora, o departamento de futebol cruz-maltino já se preparara para iniciar a integração com os responsáveis pela empresa americana, que tem participação também no Genoa (Itália), Standard Liège (Bélgica), Red Star (França) e Sevilla (Espanha).

Neste momento, o processo SAF do Vasco está na Justiça por conta de uma liminar obtida pela Comissão de Direitos da Alerj, requerida pelo deputado Fábio Silva. O parlamentar deseja na ação que o contrato entre a empresa 777 Partners e o Vasco seja divulgado a sócios e torcedores. O clube recorreu da decisão.

Essa ação na Justiça, entretanto, não impede que membros da 777 Partners e o Vasco deem continuidade ao processo de transição. Pelo contrário. Reuniões estão acontecendo, e o planejamento sendo elaborado para o restante da temporada.

Fonte: Coluna do Venê – O Dia






Você pode gostar...