Justiça decide que dirigentes do Vasco não têm relação com briga de torcidas ocorrida em 2017





Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

Entre no grupo de whatsapp da CENTRAL DO VASCO, SOMENTE NOTÍCIAS, SEM CONVERSAS!CLIQUE AQUI!

https://s2.glbimg.com/oojgGr-u_f7ILqIbQxVVnhiC3-Q=/645x388/i.glbimg.com/og/ig/infoglobo1/f/original/2022/07/19/vasco1.jpg

O juiz Bruno Vaccari, do Juizado Especial do Torcedor e dos Grandes Eventos do TJ-Rio, negou o pedido de indenização por danos morais coletivos em ação em que o Ministério Público acusava os dirigentes do Vasco da Gama de manterem relação estreita com integrantes da Torcida Força Jovem e acobertarem as ações de violência praticadas por torcedores no dia 8 de julho de 2017, em uma partida entre Vasco e Flamengo.





Na decisão, o juiz afirmou que o Ministério Público não conseguiu comprovar o suposto ato ilícito dos dirigentes do clube que tenha relação direta com os episódios de violência ocorridos no Estádio de São Januário durante o clássico.

Fonte: Blog do Ancelmo Gois – O Globo






Você pode gostar...