Goiás propôs que valor do empréstimo de MT fosse abatido de dívida do Vasco por Sidão





Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

Entre no grupo de whatsapp da CENTRAL DO VASCO, SOMENTE NOTÍCIAS, SEM CONVERSAS!CLIQUE AQUI!

Uma exigência feita pelo Goiás travou o negócio com o Vasco e afastou a possibilidade da transferência de MT, que tinha conversas avançadas para defender o clube goiano por empréstimo.

O Goiás propôs que o Vasco pagasse os salários do jogador. Os valores seriam abatidos de uma dívida de R$ 800 mil que o clube carioca tem com o goiano pela transferência do goleiro Sidão – o caso foi recentemente julgado a favor do Goiás na Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD).

MT e Edimar em ação no treino do Vasco — Foto: Daniel Ramalho / CRVG

MT e Edimar em ação no treino do Vasco — Foto: Daniel Ramalho / CRVG

Embora o acerto entre as partes ainda não tenha sido completamente descartado, MT a princípio fica no Vasco. Depois de ser retirado da lista de relacionados da partida contra o Criciúma por causa da negociação com o Goiás, ele é aguardado na reapresentação do elenco nesta terça-feira, no CT Moacyr Barbosa.





A informação de que o negócio travou foi publicada inicialmente pelo portal “Jogada10” e, sem seguida, confirmada pelo ge. No momento, o único cenário em que o empréstimo é possível seria com a retirada da exigência por parte do Goiás.

MT, 21 anos, já havia acertado as bases salariais e via com bons olhos a mudança para o Goiás, uma vez que não vem tendo oportunidades o Vasco. Ele disputou apenas duas partidas no ano, ambas pelo Carioca: contra o Nova Iguaçu, quando entrou aos 40 minutos do segundo tempo; e contra o Audax Rio, quando começou como titular, mas foi substituído aos 11 minutos da segunda etapa.

Ele tem contrato com o Vasco até dezembro de 2024.

Fonte: Ge







Você pode gostar...