Camisa em prol do LGBTQIA+ é sucesso de vendas no Vasco: ‘Faz parte do DNA’





Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

Entre no grupo de whatsapp da CENTRAL DO VASCO, SOMENTE NOTÍCIAS, SEM CONVERSAS!CLIQUE AQUI!

Camisa do Vasco "Love is Love", em alusão ao movimento LGBTQIA+, já vendeu mais de 15 mil unidades  - Divulgação / Vasco

Assim como já havia ocorrido no ano passado, o Vasco novamente levantou a bandeira LGBTQIA+ e, além de diversas ações na semana em que se comemorava o movimento, criou uma nova camisa de jogo em prol da causa que tem sido muito bem aceita pelo público. Batizada de “Love is Love” e comercializada a partir de 28 de junho, o modelo já vendeu mais de 15 mil unidades e alcançou faturamento de R$ 4 milhões.

A peça leva as cores do arco-íris no símbolo da Kappa, fornecedora de material esportivo do clube, e mistura os casais de bonecos que formam o logotipo da marca nas laterais do manto. A ação publicitária teve a aprovação da matriz da empresa italiana.

A grande jogada de marketing nesta mistura de orientações sexuais entre os bonecos passou despercebida na partida entre Vasco e Operário, pela Série B, quando a equipe cruzmaltina atuou com a camisa. A intenção do departamento era justamente essa, que as relações sejam tratadas com naturalidade e normalidade.

Vice-presidente de Marketing e Novos Negócios do Vasco, Vitor Roma ressaltou o histórico do clube em abraçar as causas populares e a grande aceitação da torcida.

“A preocupação para conscientização dessas causas faz parte do DNA do Vasco. A aceitação da torcida, usando o exemplo desta última camisa lançada e os números de vendas alcançados, mostra que o caminho buscado pelo clube tem aderência de seus torcedores. Isso só comprova o nosso alinhamento e o quão importante é estar ligado com as lutas mais importantes que a sociedade enfrenta hoje”, declarou o dirigente.

A Vasco TV também produziu uma emocionante reportagem com depoimentos de torcedores do clube que se identificam com o movimento LGBTQIA+ e a importância de o Cruzmaltino abraçar a causa. Na ocasião, ressaltaram que este apoio tem trazido a eles mais conforto e segurança na arquibancada de São Januário (veja abaixo).





Ano passado, o Vasco já havia lançado uma camisa em prol do movimento. Na ocasião, as cores do arco-íris foram retratadas na faixa transversal e também fizeram grande sucesso. No jogo em que o time atuou com o modelo, a cena marcante ficou por conta do atacante Germán Cano —hoje no Fluminense— que após seu gol arrancou a bandeirinha de escanteio em homenagem à causa LGBTQIA+ e a ergueu, numa cena que viralizou por todo o mundo.

Torcida abraça a causa também na arquibancada

A torcida do Vasco tem abraçado as ações em prol do movimento LGBTQIA+ não só na compra das camisas como agora também na arquibancada. Na semana passada, as organizadas assinaram um Código de Conduta Ética no qual se comprometem a cooperar contra atos discriminatórios nos jogos.

Além disso, os torcedores têm levado bandeiras com as cores do arco-íris desde o jogo contra o Operário, onde a maioria das ações foram feitas.

No empate em 0 a 0 contra o Sport, no Maracanã, por exemplo, elas foram vistas novamente entre os mais de 60 mil presentes no estádio.

Fonte: UOL






Você pode gostar...