Alexandre Frota lamenta não ter feito novela com Daniella Perez: “Ela estaria viva”




Ex-ator, o deputado Alexandre Frota (PSDB-SP) estava cotado para participar da novela

“Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez”, série documental da HBO Max, estreou em 21 de julho no serviço de streaming e apresentou, através de depoimentos e reconstituições, o homicídio da atriz Daniella Perez, filha da autora Glória Perez, cometido por seu colega de cena em “De Corpo e Alma”, Guilherme de Pádua e sua então esposa, Paula Thomaz.

Um dos entrevistados na produção é o deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP), que estava cotado para participar da novela, no papel do motorista de ônibus Bira. Em entrevista recente, o ex-ator lamentou não ter conseguido se livrar de outro compromisso de trabalho para interpretar o personagem, que acabou ganhando vida através de Pádua:





“Sempre falo para as pessoas: se eu tivesse feito a novela, a história teria sido diferente. Daniella estaria viva e nada disso teria acontecido. Infelizmente, vários fatos ocorreram e o Guilherme acabou fazendo esse personagem e cometendo esse crime brutal, esse assassinato que até hoje não dá para aceitar”, declarou o deputado em entrevista ao Uol.

Na época da preparação de “De Corpo e Alma”, Frota integrava o elenco de “Perigosas Peruas”, novela das 19h da Globo. O ex-ator chegou a pedir para ser dispensado da produção para se dedicar ao novo trabalho, mas o pedido foi negado por Carlos Lombardi, autor do folhetim. Sendo assim, Pádua, que já havia trabalho com o agora deputado no teatro, foi escolhido para viver o personagem.

Daniella Perez interpretava Yasmin, que tinha um relacionamento com Bira. No entanto, a sua personagem terminava com o de Pádua e voltava a se relacionar com Caio, vivido por Fábio Assunção. Após a morte da atriz, a personagem foi tirada da novela com a desculpa de que teria viajado para estudar, enquanto Bira foi apagado da trama sem explicações.

“Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez” é uma produção dirigida por Tatiana Issa (“Dzi Croquetes”) e Guto Barra (“We Are Broadway”) e, além de Frota, conta com depoimentos de Glória PerezRaul Gazolla, viúvo de Daniella, Maurício MattarClaudia Raia, Fábio Assunção, Cristiana OliveiraMarieta Severo e Glória Maria, entre outros.

Fonte: Yahoo.com






Você pode gostar...