Entre gols e abraços, Getúlio e Raniel dispensam vaidade na briga para ser o centroavante do Vasco





Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

Getúlio e Raniel, atacantes do Vasco — Foto: Thiago Ribeiro/AGIF
Autor do gol que garantiu a vitória do Vasco sobre o Cruzeiro no último domingo, Getúlio não fez um bom primeiro tempo contra o Londrina neste sábado. Foi pouco acionado no Estádio do Café e, quando a bola chegou, não aproveitou as chances. Deixou o campo no intervalo com duas finalizações e apenas um passe completo no jogo.

Seu substituto, Raniel abriu o placar da partida praticamente no seu primeiro toque na bola. Se posicionou bem no cruzamento de Edimar e, depois do desvio de Nenê, empurrou para o fundo da rede. Na corrida para a comemoração, um dos primeiros a alcançá-lo para vibrar junto foi justamente Getúlio.

É assim, entre gols e abraços, que os dois conduzem sem qualquer tipo de vaidade a disputa da vaga para ser o centroavante do Vasco.

A cumplicidade entre Getúlio e Raniel foi um dos temas abordados pelo técnico Maurício Souza na coletiva de imprensa depois da vitória por 1 a 0 sobre o Londrina.

– O Vasco tem um time muito homogêneo, o Raniel hoje fez o gol, e o Getúlio fez contra o Cruzeiro. São atletas que sabem disso, o Getúlio compreendeu completamente a saída, o Raniel fez o gol e depois abraçou o Getúlio – disse o treinador.



“O que posso falar é que temos dois atletas extremamente trabalhadores, com qualidade para assumir a titularidade. A gente tira um, coloca outro, e o nível continua”, completou.

Titular durante o Campeonato Carioca e início da Série B, Raniel perdeu a posição a partir do jogo contra o Grêmio, na décima rodada. Ele não fazia gol desde a vitória sobre a Ponte Preta, em abril, e deu lugar a Getúlio por opção do então técnico Zé Ricardo.

Na ocasião, Zé já havia destacado a disputa sadia entre os dois. “São pessoas simples e sensacionais nessas questões de entender o momento de um e momento do outro”, disse o ex-treinador. Getúlio foi titular no empate com o Grêmio, nas vitórias sobre Náutico e Cruzeiro (sob o comando do interino Emílio Faro) e seguiu no comando do ataque na estreia de Maurício.

Getúlio e Raniel, que fazem aniversário quase no mesmo dia (10 e 11 de junho, respectivamente), preservam relação muito boa no dia a dia. Para a posição, o Vasco ainda tem o atacante Zé Santos, contratado junto ao Marcílio Dias. Mas a diretoria tem monitorado opções no mercado e pode ir atrás de um centroavante na janela de transferências que abre a partir do dia 18 de julho.

Por enquanto, a responsabilidade é da dupla. Contra o Operário na próxima sexta-feira, Getúlio segue como titular? Será que Raniel pode voltar ao time depois do gol sobre o Londrina?

– O que eu tenho passado para eles é que vamos viver um ambiente de justiça, e nesse ambiente as coisas são resolvidas dentro do campo. O campo, o dia a dia, vai dizer quem é titular ou reserva – concluiu Maurício Souza.

Fonte: ge







Você pode gostar...