Após primeiro gol pelo Vasco, Quintero destaca mentalidade: “A gente aprendeu a jogar a Série B”





Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

O sorriso de Quintero reforça a boa fase do zagueiro e do Vasco na Série B. Titular em 13 dos 14 jogos da equipe até o momento, o colombiano marcou seu primeiro gol com a camisa vascaína na última rodada e é uma das caras de um time vibrante e invicto no campeonato. Ele acredita que a mentalidade e o ambiente criados pelo elenco têm dificultado a vida dos adversários, seja no Rio de Janeiro ou longe de casa.

– A gente aprendeu a jogar a Série B, o formato de como é o campeonato, e isso foi um pulo grande para a gente. Pode ser em casa ou fora, a mentalidade é ganhar e, quando não dá para vencer, a gente também não perde. Um ponto que pode fazer diferença lá na frente – disse Quintero à VascoTV.

– A gente criou essa invencibilidade e não pensamos nisso, só pensamos que cada jogo é uma final, a vitória pode ou não acontecer. Mas a mentalidade é de conseguir os três pontos, pensando jogo a jogo. Criamos isso com o tempo, e os adversários querem tirar isso, querem ganhar da gente, mas vamos vivendo cada jogo como uma final – acrescentou o zagueiro.

Quintero comemorando primeiro gol pelo Vasco — Foto: André Durão/ge

Quintero comemorando primeiro gol pelo Vasco — Foto: André Durão/ge

A química entre time e torcida é outro ponto forte do Vasco em 2022. O clube conseguiu se reaproximar do torcedor, que tem lotado os estádios e empurrado a equipe rumo aos resultados positivos. O voto de confiança se dá pelo comportamento do elenco, que compensa qualquer limitação com entrega e união.

– A torcida do Vasco é única, indescritível o que a gente vive no dia a dia, quando a gente viaja sempre tem torcedores esperando, estádios cheios. Agradecemos todo o apoio e a credibilidade que nos dão, criamos um relacionamento forte com o torcedor – afirmou Quintero, que completou:

– A gente está mais tempo aqui do que com nossa família, a gente sai daqui e continua se falando, brincando nos grupos que temos. O ambiente é muito bom, vamos continuar unidos para conseguir o principal objetivo do Vasco.





Sobre as particularidades da Série B, Quintero citou as dificuldades de se jogar um jogo mais propositivo. O Vasco tem encontrado adversários fechados, mas, mesmo com os problemas de criação, o time acha soluções e se tornou o melhor ataque da competição após vencer o Operário por 3 a 0 na rodada passada.

– Acho que na Série B não tem muito espaço para jogar, são times muito fechados, temos que jogar com muita paciência para buscar oportunidades de gols. Na Série A quase todos os times procuram o jogo, na Série B procuramos os erros para trabalhar cada bola, o estudo de tática e técnica é diferente, cada jogo é distinto – concluiu Quintero.

Quintero está com o Vasco em São José do Rio Preto, interior de São Paulo, para o jogo contra o Novorizontino, às 21h30 de quarta-feira. O elenco, que está hospedado na cidade vizinha a Novo Horizonte, encerra a preparação na tarde desta terça.

Fonte: GE







Você pode gostar...