Vasco vai homenagear personalidades antirracistas com medalha “Pai Santana”


Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

O Vasco vai acrescentar mais um capítulo à sua tradição histórica de luta contra o racismo. Na próxima quinta-feira, antes do jogo contra o Grêmio pela Série B, o clube vai homenagear personalidades negras com a medalha “Pai Santana”. O título é inspirado no massagista histórico do clube, como uma honraria à luta antirracista.

Medalha Pai Santana — Foto: Divulgação

Medalha Pai Santana — Foto: Divulgação

Na primeira edição, haverá onze homenageados. Entre eles, o técnico Roger Machado, que estará no comando da equipe gaúcha, e o ex-goleiro Aranha, que foi vítima de xingamentos racistas quando defendia o Santos em uma partida contra o Grêmio, pela Copa do Brasil.

Pai Santana foi mais que um massagista. Figura constante em todos os setores do clube, ao longo dos anos, ele viu surgir craques como Roberto Dinamite e Romário e Edmundo. Umbandista, o pai de santo também carregava seus rituais de fé para São Januário. Até hoje, ele tem seu nome cantado nas arquibancadas.

Veja a lista completa dos homenageados:

  • Roger Machado, técnico do Grêmio
  • Aranha, ex-goleiro
  • Taís Araújo, atriz
  • Celso Athayde, sociólogo
  • Emicida, cantor e compositor
  • Fatou Ndiaye, estudante
  • Flávia Oliveira, jornalista
  • Frei David, religioso e educador
  • Mano Brown, cantor e compositor
  • Marcelo Carvalho, diretor do Observatório da Discriminação Racial no Futebol
  • Professor Júnior, historiador

Fonte: ge


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina


Você pode gostar...