Vasco: artilheiro da Copinha ganha prestígio e pode ser titular na Série B


Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

Figueiredo, atacante do Vasco, durante duelo com o Flamengo, pelo Carioca -  Rafael Ribeiro/Vasco

Artilheiro da Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano, ao lado de Werick Popó, do Oeste, Figueiredo foi promovido ao profissional do Vasco logo após a competição e demorou para ter uma sequência de jogos no início do Campeonato Carioca. Porém, o atacante de 20 anos obteve oportunidades com o técnico Zé Ricardo justamente nos duelos com o rival Flamengo. Ele foi bem, ganhou elogios da torcida e entrou de vez na briga por uma vaga entre os titulares para a estreia na Série B do Brasileiro.

Com a primeira rodada marcada para o dia 8 de abril, contra o Vila Nova, a princípio em São Januário (RJ), o Cruz-Maltino tem apenas treinado no CT Moacyr Barbosa, e, no decorrer das atividades, Figueiredo vem sendo escalado no escopo do time titular.

No profissional, porém, ele tem atuado mais nas pontas, diferentemente de seu posicionamento na Copinha, quando era centroavante. O jogador, no entanto, não tem um setor preferencial.

“Eu consigo jogar pelas pontas, voltar bastante para ajudar e de centroavante acho que tenho um desempenho bom também. Eu sei que não estou aqui à toa, estar do lado das pessoas de grande nível dentro do Vasco, como o Nenê, é muito bom, ajuda a gente a evoluir, dando dicas”, afirmou o jovem.

No início de março, Figueiredo renovou seu contrato com o Vasco até dezembro de 2025. Candidato a xodó da torcida, ele trata o carinho dos vascaínos com naturalidade:

“É bom demais, mas também não me apego muito a essas coisas. Sabemos que o futebol tem altos e baixos, então eu procuro não me apegar, mas é muito bom receber esse carinho. Eu já sinto isso desde a base, porque a torcida do Vasco acompanha bastante. Então eu busco sempre dar o meu melhor”.

Natural de Niterói (RJ), Figueiredo chegou ao Vasco em 2017 para a equipe juvenil, após se destacar pelo Boavista (RJ). Ele faz parte da geração de 2001, que entre outros, tem seu companheiro de equipe Gabriel Pec e o volante Bruno Gomes, que este ano acertou com o Internacional.

Reforços para o ataque

O Vasco foi ao mercado por reforços e o setor ofensivo ganhou novos nomes após os Estaduais, aumentando a briga por vaga. O clube já anunciou o atacante Lucas Oliveira, que disputou o Carioca pelo Bangu, e tem negociações encaminhadas com mais três nomes: Palacios, que estava no Internacional, Erick, do Ypiranga (RS), e Zé Vitor, do Marcílio Dias (SC).

A diretoria também tinha um negociação avançada com Carlos de Pena, do Dínamo de Kiev, da Ucrânia, mas desistiu da tratativa após entender que o estafe do atleta estava fazendo “leilão”.

Fonte: UOL
Receba nossas notícias do Vasco pelo canal no telegram, acesse o link https://t.me/VascodaGamaoficial


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...