‘Pantanal’: José Leôncio pedirá o divórcio a Madeleine - ValeSeuClick.com - Notícias do mundo inteiro, em tempo real

‘Pantanal’: José Leôncio pedirá o divórcio a Madeleine


Saiba tudo sobre novelas! Se prepare para a nova novela das 9, entre no Grupo no facebook. Entre no Grupo de Novelas e famosos no Facebook Clique aqui

Madeleine e José Leôncio discutem em "Pantanal" — Foto: Globo

Madeleine e José Leôncio discutem em “Pantanal” — Foto: Globo

Nos próximos capítulos da novela das 9Zé Leôncio (Marcos Palmeira) deixará os peões da fazenda procurando por Jove (Jesuíta Barbosa), enquanto vai ao Rio de Janeiro para dar a notícia pessoalmente para Madeleine (Karine Teles), Irma (Camila Morgado) e Mariana (Selma Egrei).

Desesperada e achando que o filho está morto, Madeleine culpará Zé Leôncio. Mas o peão, mesmo sofrendo, tentará manter a calma.

“Tem mágoa que a gente num esquece, Madeleine. Ocê tem as sua, eu as minha… (T) Eu só lhe peço que me escute. Depois eu vô m’embora”, afirma.

Mas a mãe de Joventino fala de forma cruel:

“Eu não quero saber de você: eu quero saber do meu filho! Ele chegou aqui como um mensageiro da morte, pra me anunciar essa desgraça”.

Irma ainda tentará intervir: “não foi culpa dele, Madeleine”.

“Ele era meu filho também, Madeleine… E agora eu vejo que ele foi a única coisa que uniu a gente de verdade, apesar da distância e do tempo que passo”.

“Eu não estou entendendo onde você quer chegar”, afirma ela.

“Eu quero dizê que, se acontecê o pior a ele, então nóis num têmo mais nada um com ôtro”, diz ele.

 

Camila Morgado é Irma na segunda fase de 'Pantanal' — Foto: João Miguel Júmior/Globo

Camila Morgado é Irma na segunda fase de ‘Pantanal’ — Foto: João Miguel Júmior/Globo

Estranhando o rumo da conversa, Madeleine perguntará:

“Como assim nós não temos nada?!”

“A gente tá separado há muito tempo. E tanto eu, quanto ocê têmo prova dessa separação”

Quase histérica, Madeleine exclamará:

“Eu quero saber do meu filho, José Leôncio! Eu não quero saber de nós!”

“É isso que eu tô lhe dizêno: num existe nóis. Nem sei se um dia existiu. (T) Eu vô continuá procurâno pelo nosso filho e, se um dia ele aparecê se Deus dé essa graça pra todos nóis, eu mandô ele de vorta pra cá”.

“Então é isso?! Você veio dizer que matou meu filho e vai dar as costas outra vez?!”, pergunta.

“Eu vô m’embora e num pretendo nunca mais vortá aqui. A senhora bote um advogado pra resorvê a questão do divórcio, dona Mariana, que eu assino o que fô preciso”, conclui Zé se dirigindo a Mariana.

Fonte: Gshow

Você pode gostar...