Derrota no clássico não abala confiança de Thiago Rodrigues no Vasco: "Temos feito grandes jogos" - ValeSeuClick.com - Notícias do mundo inteiro, em tempo real

Derrota no clássico não abala confiança de Thiago Rodrigues no Vasco: “Temos feito grandes jogos”


Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

A derrota por 1 a 0 para o Botafogo, no domingo, e a consequente perda da invencibilidade na temporada não estava nos planos, mas também não abalou a confiança do elenco do Vasco. É o que garante Thiago Rodrigues. Para o goleiro, é o início de um novo trabalho, há muito espaço para evoluir e a avaliação da campanha do Vasco no estadual, até o momento, é positiva.

– É um novo começo, sempre bom dizer isso. O Vasco tem tido essa nova fase vencedora, começamos fazendo um ótimo estadual. Temos feito grandes jogos, independentemente da derrota no jogo passado. Podemos evoluir muito e estamos felizes com esse início – destacou Thiago, em coletiva de imprensa nesta terça, durante a reapresentação do elenco, no CT Moacyr Barbosa.

Thiago Rodrigues, Vasco — Foto: Emanuelle Ribeiro

Thiago Rodrigues, Vasco — Foto: Emanuelle Ribeiro

Thiago, no entanto, revelou que o grupo se cobrou após a derrota, principalmente em um clássico. O goleiro disse que o resultado incomodou, mas não vai atrapalhar a sequência do trabalho.

– Perder é ruim demais, me cobro muito. Vestiário também às vezes passamos do ponto, ainda mais em clássico. É aquela frase de que clássico não se joga, se ganha. Doeu demais, mas temos que entender que é o começo. Perder não é terra arrasada, o equilíbrio que faz um grande time e com esses percalços vamos criando uma grande equipe.

Após retornar de São Luís, o Vasco se reapresentou na tarde desta terça-feira no CT Moacyr Barbosa para iniciar a preparação para o jogo contra o Bangu, na quinta-feira, às 20h30, em São Januário.

Outros trechos

 

Melhores momentos: Vasco 0 X 1 Botafogo pelo Campeonato Carioca

Adaptação

 

Tem sido boa. O Rio de Janeiro é uma cidade maravilhosa, tem seu charme. O Rio é configurado por essas montanhas. O clube aqui facilita o dia a dia, tem dado tranquilidade e conforto. E consequentemente estamos tendo retorno em campo. Espero estar cada vez mais por dentro com o passar dos dias.

Máscara

 

Ela é feita de fibra de carbono, um material de tecnologia de última geração e que muitos clubes usam. Queria que o pessoal pegasse pra ver, dentro do que ela é proposta ela é muito funcional. Vou precisar usar a carreira inteira.

Vanderlei

 

Já conhecia ele de jogar contra, temos relação muito boa. Ele está sendo muito bem recebido nessa reintegração. A nova cara do Vasco é essa, com esse novo começo. Não está nada resolvido, mas também não é terra arrasada, vamos seguir trabalhando.

Dificuldades

 

As dificuldades sempre vão existir, nas vitórias e nas derrotas. Nosso time é novo, mas tem comprado a ideia, é um time guerreiro que tenta se aprimorar cada vez mais. Estamos buscando a evolução e trabalhado sempre para acertar os detalhes.

Gols sofridos

 

É o sexto jogo nosso, estamos treinando para evoluir e ter uma defesa sólida. Em comparação com o ano passado temos feito bons jogos. Quem toma gol não é só a parte defesnva, é um contexto geral. Nosso time é muito ofensivo. Isso é bom, mas temos que ter esse equilíbrio. Temos estudado os gols tomados, mas ganhar os jogos é o mais importante. São jogadores novos e um novo trabalho.

Bangu e Felipe

 

Felipe descarta apresentações, tem seu nome na parede dos grandes jogadores do Vasco. Muito respeito por ele e por sua equipe. Esperamos um jogo difícil, mas sabendo nossos objetivos no Carioca. Com os pés no chão vamos com tudo para fazer um grande jogo.

Transição lenta

 

Estava comentando ali dentro, temos facilidade de construção com bons passes, uma equipe leve e veloz na minha opinião. Somos um time ofensivo, com poucos toques chegamos para concluir. Dentro do novo contexto, temos trocado alternativas nos jogos e treinos para melhorar isso. É um processo gradativo, estamos trabalhando o mais rápido para ajustar.

Time que sofre muitas finalizações

 

A gente tem se ajustado e tentado sofrer menos com isso. Estou ali pra isso também, estamos criando corpo. Estou gravando meu nome nesse começo de trabalho, são situações do jogo, começo de temporada. Com o passar do tempo vamos amadurecimento.

Ser reconhecido de máscara

 

A máscara tira um pouco da identidade, das pessoas poderem saber quem é você. As pessoas podem me ver e não fazem ligação do atleta com a pessoa. Vou ter que usá-la por orientação médica, mas vou postando algumas fotos pro torcedor saber quem está atrás da máscara. Percebo que quando saio as pessoas ficam assim “será que é ele?”.

Esquema

 

São formas que o Zé vai querer usar ao longo da competição. Já deixou claro que vai usar três zagueiros, o que dá pra ser ofensivo também, e também com dois zagueiros nossa equipe se portou bem. Temos jogadores para cumprir essas funções. O Zé é o mais apropriado para decidir isso.

Yuri

 

É um gigante ali, tem uma função peculiar, é um cão de guarda. Me sinto muito seguro com ele, está no processo de volta, mas quem está jogando também está fazendo grandes jogos. Estamos esperando a volta dele para nos ajudar.

Fonte: GE

Receba nossas notícias do Vasco pelo canal no telegram, acesse o link https://t.me/VascodaGamaoficial


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...