Com Textor de olho em reforço europeu, Botafogo faz contato por Suárez, diz rádio - ValeSeuClick.com - Notícias do mundo inteiro, em tempo real

Com Textor de olho em reforço europeu, Botafogo faz contato por Suárez, diz rádio



Botafogo consultou situação de Suárez, segundo rádio

A vontade do empresário John Textor, dono da Sociedade Anônima de Futebol (SAF) do Botafogo, de trazer reforços da Europa não parece ter ficado só nas palavras. Segundo informações da “Rádio CBN”, o clube teria consultado o atacante Luis Suárez, do Atlético de Madrid, sobre uma eventual volta ao futebol da América do Sul.

Suárez nasceu em Salto, no Uruguai, e atuou brevemente pelo futebol sul-americano antes de rumar à Europa. Revelado pelo tradicional Nacional (do Uruguai), atuou no time profissional entre 2005 e 2006. Com 19 anos, transferiu-se ao Groningen, da Holanda.

Aos 35 anos, o atacante tem 11 gols e três assistências em 33 jogos pelo Atlético na temporada. Nesta quarta-feira, deve ser titular dos colchoneros contra o Manchester United, pelas oitavas da Champions League. Seu contrato termina em junho, no fim da atual temporada.

Convencer o atacante a voltar a jogar na América do Sul, porém, não é uma tarefa fácil. Em entrevista ao programa “Bola da Vez”, da emissora “ESPN”, em outubro do ano passado, o meia revelou que já não lida bem com a ideia da pressão no continente. Na mesma entrevista, ele cogitou a ida a mercados como o norte-americano e o da Ásia.

— Tenho 34 anos e me resta um ano de contrato com o Atlético (na época). Valorizo muito o esforço que fiz para estar no topo do futebol e deixar uma boa imagem. (Se) Voltar ao futebol sul-americano com 36 ou 37 anos, as pessoas vão me cobrar como se eu tivesse 27 ou 30 anos. (Se for para) Deixar uma imagem de que eu não posso render nesse nível, prefiro evitar. Para que não me digam que eu já não corro como antes e que não faço os mesmos gols de antes. Prefiro continuar aproveitando de outra forma, onde a condição física chegue e onde eu conseguir chegar, e eu possa desfrutar mais do futebol sem tanta pressão.

Fonte: Extra Online

Você pode gostar...