Anderson Conceição: "Morei embaixo da arquibancada e hoje estou jogando pelo clube do meu coração" - ValeSeuClick.com - Notícias do mundo inteiro, em tempo real

Anderson Conceição: “Morei embaixo da arquibancada e hoje estou jogando pelo clube do meu coração”


Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

Num Vasco repleto de caras novas neste início de temporada, Anderson Conceição é uma das boas notícias. O zagueiro de 32 anos atuou em todos os oito jogos disputados até aqui no Campeonato Carioca e parece já ter caído nas graças da torcida tanto pela identificação pelo clube (ele é vascaíno) quanto pelas boas atuações dentro de campo.

Zé Ricardo já mexeu bastante nas peças que têm a disposição, incluindo na posição ao lado de Anderson Conceição, que já jogou com Ulisses, com Luis Cangá e até com os dois ao mesmo tempo. Mas o camisa 4, até então, tem sido intocável. Ele é um dos jogadores que mais desarma no elenco, atrás apenas do volante Juninho e do lateral-esquerdo Edimar.

– Estou muito feliz com esse início – disse Anderson ao ge.

– Nosso caminho é longo e com muitos desafios, mas estamos no caminho certo. Eu sempre tento passar que todos são importante nesse processo de resgate do Vasco e que o segredo para alcançarmos nossos objetivos é ter um grupo humilde e comprometido – completou o zagueiro.

Anderson Conceição, zagueiro do Vasco — Foto: Rafael Ribeiro / Vasco

Anderson Conceição, zagueiro do Vasco — Foto: Rafael Ribeiro / Vasco

Logo em sua apresentação oficial, Anderson Conceição deixou claro que ele e toda sua família eram vascaínos. O baiano chegou a jogar nas categorias de base do Vasco, morou sob as arquibancadas de São Januário e fez parte da geração de Alex Teixeira, por exemplo. Ele diz que está vivendo um sonho e que se emociona toda vez que vê a torcida cantando no estádio.

Vasco é condenado a pagar mais de R$ 800 mil ao Goiás por dívida do contrato de empréstimo de Sidão

“São muitas lembranças. Estou realizando um sonho. Morei embaixo da arquibancada e hoje estou jogando pelo clube do meu coração. Na hora que vejo a torcida cantando é uma sensação indescritível. Estou vivendo com muita intensidade todos os momentos”, contou ele.

Anderson Conceição se emociona ao falar de sua passagem pelo Vasco

– Minha família está muito feliz e orgulhosa. Vou procurar estar trabalhando sempre da melhor maneira possível para continuar dando alegria para eles com essa camisa maravilhosa do Vascão – acrescentou o zagueiro, que veste a braçadeira de capitão quando Nenê não está em campo.

Anderson Conceição também comentou sobre o rendimento da equipe, que venceu os últimos jogos sem demonstrar grande atuação, e afirmou que não tem preferência em jogar com um ou dois zagueiros ao seu lado.

– Não existe uma preferência de esquema de jogo, até porque temos um treinador e comissão técnica totalmente capacitada para saber qual o melhor esquema que devemos jogar em determinado confronto. Estamos procurando nos adaptar sempre o mais rápido possível e vamos evoluindo e aperfeiçoando a cada jogo – contou ele.

Com “São Januário virtual” na audiência, reunião tem ecos de política e revela acordo do Vasco com Genoa

– Essa oscilação é normal no início de trabalho. É um time novo, mas vejo muitas coisas positivas nesse início de trabalho. Vamos melhorando a cada jogo para chegarmos bem na série B, que é o nosso grande objetivo da temporada – concluiu.

O Vasco volta a campo no próximo sábado para enfrentar o Fluminense no clássico que será realizado no Estádio Nilton Santos, às 17h (de Brasília).

Fonte: Ge

Receba nossas notícias do Vasco pelo canal no telegram, acesse o link https://t.me/VascodaGamaoficial


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...