Nenê projeta subir com o Vasco, ter um "time competitivo" na Série A e só então pensar em aposentadoria - ValeSeuClick.com - Notícias do mundo inteiro, em tempo real

Nenê projeta subir com o Vasco, ter um “time competitivo” na Série A e só então pensar em aposentadoria


Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

No ano passado, tão logo a possibilidade de acesso deixou de existir, Nenê não segurou as lágrimas em um desabafo na saída de campo e garantiu que ficaria no Vasco até que o clube subisse para a Série A. O meia agora voltou a falar sobre planos, mas num contexto completamente diferente: sorrindo, prestes a começar uma nova temporada e confiante no que está por vir.

Aos 40 anos, o jogador mais experiente do elenco do Vasco recebeu a equipe do ge no CT Moacyr Barbosa e falou sobre seus planos – a entrevista vai ao ar nesta quarta-feira na TV Globo. Ele disse que quer subir com o clube, renovar por mais um ano (“quem sabe, dois”), voltar a ter um “time competitivo” para só então pensar em parar.

– Pelo menos mais dois aninhos ainda (de carreira), essa é a ideia. Claro que tem esse ano, eu também não gosto de ficar atropelando nada, não sei o que vai acontecer – contou o meia, para completar

– Mas a minha ideia mesmo é essa: voltar para a Série A, renovar mais um ano, quem sabe dois. E realmente voltar a ter um time competitivo com o Vasco, é um dos meus grandes objetivos antes de encerrar a carreira. Que acredito que será aqui também.

 

Nenê, do Vasco, em entrevista no CT Moacyr Barbosa — Foto: Tébaro Schmidt / ge

Nenê, do Vasco, em entrevista no CT Moacyr Barbosa — Foto: Tébaro Schmidt / ge

Isso significa que Nenê pretende jogar bola pelo menos até o fim do ano que vem, quando terá 42 anos de idade. Ele diz que sua maior inspiração nesse sentido é o amigo Zé Roberto, que se aposentou com 43 no Palmeiras.

– Eu sempre falei isso, que um dos caras que é meu exemplo, minha inspiração, é o Zé Roberto. Se eu chegar na idade que ele chegou, ou perto, para mim já vai ser motivo de felicidade e de orgulho. E estamos quase chegando (risos), acho que ele parou com 43. E você vê como ele é ainda, todo sarado, se cuida. Ele falava que tem que ter alimentação, sono principalmente. Todos esses cuidados extracampo que a gente pode ter eu tento fazer para chegar na idade que ele chegou – explicou o meia.

Animado com o elenco

 

O Vasco até o momento já anunciou 11 contratações – o centroavante Getúlio, do Avaí, pode ser a 12ª. Nenê se mostrou animado com o elenco que está sendo montado para a temporada. Na sua opinião, “com jogadores mais técnicos” em comparação com o ano passado.

– O Vasco tinha um time bom na temporada passada, mas, sei lá. Parecia que as coisas não encaixavam. Muita mudança de treinador. Não posso falar isso (qual time é melhor), seria desleal com meus ex-companheiros que estiveram aqui. Acho que esse ano tem tipos de jogadores um pouco mais técnicos, pode ser que o jogo flua mais nesse aspecto ofensivo – opinou ele.

– Acho que os estilos são diferentes. Esse ano tem mais jogadores com uma característica parecida com a minha, de jogador técnico, que tem bom passe. Nazário, Vitinho, o próprio Raniel, que não é aquele centroavante parado, é um cara técnico, com mobilidade. Tem essa diferença. Tomara que dê certo com essa molecada que está chegando – acrescentou.

Nenê, treino do Vasco no CT Moacyr Barbosa — Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

Nenê, treino do Vasco no CT Moacyr Barbosa — Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

Nenê também levantou a moral de Figueiredo, que deve voltar a ter chances no time principal depois de marcar oito gols na Copinha. Primeiro, ele comentou o lindo gol (veja no vídeo abaixo) do atacante contra o São Paulo: “Caraca, que golaço! Até parecia habilidoso (risos)”, brincou ele, antes de decretar: “É resenha, é resenha…”.

Em seguida, disse que o Vasco conta com a ajuda do atacante de 20 anos para a temporada.

– Ano passado era um momento difícil. Antes de eu chegar eles (jovens) estavam sendo muito pressionados. Eles que tinham que resolver as coisas, estando ali precocemente já tendo que ajudar a resolver, tendo que entrar e fazer gol, pressão da imprensa, da torcida, do clube. Era realmente mais difícil. Esse ano tem mais tranquilidade, ainda mais depois da Copinha que ele fez, que foi realmente fantástica. Com confiança a gente viu que ele pode nos ajudar muito. Acredito que vai ter mais oportunidades e que ele possa demonstrar o potencial dele aqui no profissional também. Torço muito por ele, ele é muito fera – finalizou.

Fonte: Ge

Receba nossas notícias do Vasco pelo canal no telegram, acesse o link https://t.me/VascodaGamaoficial


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...