Gabriel Medina e Yasmin Brunet terminam casamento


O surfista Gabriel Medina, tricampeão mundial da modalidade, e a modelo Yasmin Brunet não estão mais casados. A informação foi dada pelo Jornal Metrópoles nesta quinta-feira. Segundo a publicação, atualmente, cada um está morando em uma casa, mas ainda na mesma praia, em Maresias, litoral norte de São Paulo.

Gabriel Medina e a esposa, Yasmin Brunet, comemoram o tri — Foto: Evelyn Rodrigues

Gabriel Medina e a esposa, Yasmin Brunet, comemoram o tri — Foto: Evelyn Rodrigues

No início da semana, Medina anunciou que não disputaria as primeiras etapas do Circuito Mundial de Surfe para cuidar da saúde mental. A competição desse ano terá 10 etapas na temporada regular, com o título mundial sendo disputado entre os 5 primeiros do ranking na WSL Finals, em setembro, em Trestles (EUA).

A união entre Gabriel e Yasmin aconteceu em cerimônia discreta em viagem do casal ao Havaí para o réveillon de 2021, sem o apoio e o conhecimento da família de Medina. A evidência da relação estremecida foi quando em fevereiro do ano passado, Gabriel e Yasmin pararam de seguir a mãe e o padrasto nas redes sociais. Por outro lado, Simone e Charles também deixaram de acompanhar as publicações do filho e da nora.

Gabriel Medina e a esposa, Yasmin Brunet, comemoraram réveillon de 2022 em Maresias, litoral paulista — Foto: Reprodução/Instagram

Gabriel Medina e a esposa, Yasmin Brunet, comemoraram réveillon de 2022 em Maresias, litoral paulista — Foto: Reprodução/Instagram

Logo depois, Gabriel rompeu as relações profissionais com seu padastro Charles Saldanha, que atuava como seu treinador e mentor desde o início de sua carreira. Medina contratou um novo técnico, Andy King, que passou a o acompanhar nas competições ao lado de Yasmin. Gabriel também parou de seguir os familiares nas redes sociais. Na ocasião, a mãe do atleta chegou a classificar o relação de Gabriel com Yasmin como “controladora”.

Antes das Olimpíadas de Tóquio, Gabriel Medina se envolveu em uma grande polêmica com o Comitê Olímpico do Brasil (COB). O atleta fez o pedido à entidade para levar a esposa, Yasmin Brunet, para as Olimpíadas, mas teve o pedido negado. O argumento do COB alegava que os atletas só poderiam levar acompanhantes que fossem seus treinadores ou envolvidos com o esporte. Medina ainda tentou argumentar alegando que Yasmin fazia parte de seu staff em todas as competições, mas o casal não foi autorizado a ir junto para Tóquio. A influenciadora usou suas redes sociais para demonstrar seu descontentamento com a situação que caracterizou como “injustiça”. Medina acabou não conquistando medalha em Tóquio, fechando em quarto lugar.

Fonte: GE

Você pode gostar...