Família faz apelo para achar estudante brasileiro que desapareceu após surto na França



Robson Amorim de Freitas estudava inglês na Irlanda e teve um surto antes de embarcar no aeroporto em Paris Foto: Redes sociais / Reprodução

RIO — Parentes e amigos fazem uma mobilização nas redes sociais para encontrar o estudante capixaba Robson Amorim de Freitas, de 32 anos, que está desaparecido desde o último domingo, na França. Ele estava morando na Irlanda, na Europa, estudava inglês e retornaria ao Brasil no fim de semana. A família diz que o último contato foi no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris.

Segundo o irmão de Robson, Pedro Henrique Freitas, na sexta-feira anterior o estudante teve um surto psicótico e Síndrome do Pânico, e em meio à crise, saiu da Irlanda e viajou para Paris, alegando que a “máfia estava atrás dele” e que “clonaram todos os seus cartões”.

Pedro contou ainda que conseguiu convencer o irmão a retornar para o Brasil para dar continuidade ao tratamento para seus problemas de saúde. No entanto, ele não teria embarcado, deixado o aeroporto após outra crise de ansiedade.

“Comprei o voo que sairia de Paris na Franca, aeroporto Charles de Gunlle no dia 22/01 as 20h com escala na Suíça e chegaria em São Paulo dia 23 às 6:35 da manhã, porém quando ele estava na sala do teste de COVID no aeroporto de Paris, ele saiu correndo dizendo que estavam perseguindo ele e que não podia viajar que estava tendo uma crise de ansiedade, não poderia embarcar”, contou Pedro.

 

 

Desde domingo, os parentes perderam o contato com Robson. “O celular dele não recebe mais ligações, nem mensagens, ele está sem dinheiro aí na Franca e totalmente em surto”, afirmou o irmão.

A irmã do estudante, Cyntia de Freitas, informou ter recebido informações de que ele estava numa cliníca ao lado do hospital Saint-Anne, do 14° Distrito de Paris, após apresentar sintomas de ataque de pânico. Um novo cartaz tem sido compartilhado nas redes, na tarde desta sexta-feira.

Família mobiliza as redes para achar estudante brasileiro que desapareceu após surto na França Foto: Reprodução
Família mobiliza as redes para achar estudante brasileiro que desapareceu após surto na França Foto: Reprodução

 

Ela explicou ainda que procurou todas as autoridades responsáveis, mas que até o momento não descobriu novas informações sobre Robson: “Já liguei para Consulado, Embaixada, Itamaraty, Polícia Federal, Interpol, mas ninguém sabe de nada e não resolve nada”, disse ela.

Pedro fez um apelo: “Convoco a todas pessoas, órgãos e entidades governamentais, estaduais, federais a nos ajudar a encontrar nosso irmão”.

Fonte: O globo

Você pode gostar...