Multa e desculpas: Atlético-MG negocia acordo com o STJD para anular "gancho" de Cuca - ValeSeuClick.com - Notícias do mundo inteiro, em tempo real

Multa e desculpas: Atlético-MG negocia acordo com o STJD para anular “gancho” de Cuca



Há mais de três meses, ainda no primeiro turno do Brasileirão, o técnico Cuca foi expulso em Ceará x Atlético-MG e o vermelho não teve seu capítulo final. No STJD, o Atlético-MG negocia com a procuradoria do tribunal para que o restante da pena de dois jogos do treinador seja convertido em multa e pedido de desculpas.

Cuca recebeu a expulsão do árbitro Leandro Pedro Vuaden, após entrar no campo de jogo e reclamar da atuação do dono do apito. O Galo levou o gol da derrota no último lance de jogo, já nos acréscimos. O treinador ficou revoltado e xingou Vuaden. Fato mencionado na súmula. Em primeira instância, Cuca pegou 4 jogos de ganho.

Cuca; Atlético-MG — Foto: Conmebol

Cuca; Atlético-MG — Foto: Conmebol

A defesa do Atlético recorreu e entrou com efeito suspensivo, acatado parcialmente pelo STJD. Naquele momento, o treinador já havia cumprido o jogo automático (diante do Santos) e precisou ficar fora do banco em mais uma rodada, diante do Athletico-PR. Portanto, ainda faltam dois jogos, que são temas de discussão/negociação entre as partes.

No último dia 2 de setembro, o Pleno do STJD iria julgar o treinador do Atlético. Entretanto, houve adiamento da pauta, sem data marcada. O STJD informou que o julgamento de Cuca foi retirado de pauta, justamente pela “transação disciplinar” entre o clube e a procuradoria que denunciou o comandante.

Se for feito acordo, então Cuca está liberado para trabalhar nos jogos do Atlético pelo Brasileiro, sem mais risco de receber os dois jogos faltantes da conta. Para as partes apertarem as mãos, a tendência é que o Galo tope pagar uma multa pecuniária pelas ações do treinador, e que o mesmo volte a pedir desculpas públicas pelas ofensas a Vuaden. Cuca, horas depois do acontecido, emitiu nota oficial para se retratar com o árbitro.

O Atlético é o líder do Campeonato Brasileiro, com 46 pontos (oito a mais do que o vice Palmeiras) e irá voltar a campo neste sábado, no Mineirão, às 21h, pela 23ª rodada, contra o Internacional.

Fonte: GE

Você pode gostar...

Close