MT muda postura, pede para morar em São Januário, brilha no sub-20 do Vasco e entra no radar de Diniz - ValeSeuClick.com - Notícias do mundo inteiro, em tempo real

MT muda postura, pede para morar em São Januário, brilha no sub-20 do Vasco e entra no radar de Diniz


Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

MT é mais um daqueles moleques bons de bola que passam pelo ciclo que inclui estouro precoce, oscilação, deslumbramento e deslizes no comportamento. Normal para um jovem que sai aos 18 anos do Volta Redonda e, aos 20, ganha status de grande promessa no Vasco. Nesta semana, o meia pode voltar ao topo da gangorra.

Após conversa na terça-feira com Fernando Diniz, que gosta do seu futebol, o atleta foi chamado para treinar entre os profissionais na quarta. A possível reintegração é precedida de mudança de postura, atitudes que agradaram e bom desempenho no sub-20.

MT será observado por Diniz no Vasco; veja belos lances do garoto na base

Ele e o também versátil meia Caio Eduardo, o Buiu, dois anos mais novo, passarão por um período de observação com o treinador. A dupla, aliás, vê as chances aumentarem devido à lesão de Sarrafiore, que rompeu o ligamento cruzado do joelho esquerdo durante a vitória sobre o Confiança e não joga mais em 2021.

MT marcou belo gol de falta pelo Vasco contra o Grêmio no Brasileiro Sub-20 — Foto: Rodrigo Fatturi/Grêmio

MT marcou belo gol de falta pelo Vasco contra o Grêmio no Brasileiro Sub-20 — Foto: Rodrigo Fatturi/Grêmio

MT muda de postura e moradia

 

Após ser flagrado em festa com aglomeração no dia 15 de agosto, MT foi multado e afastado por três dias. Em 23 de agosto, teve definido o retorno para o time sub-20 – também joia do clube, Juninho foi outro a descer por questões extracampo.

Tão logo que foi punido, MT decidiu mudar. De endereço e comportamento. Deixou o apartamento que dividia com Juninho na Barra da Tijuca e pediu para morar em um dos alojamentos do Vasco dentro de São Januário. A decisão de viver o clube integralmente e fugir de tentações foi tomada em conjunto com a família e os empresários Fábio Braga e Lucas Trindade.

Os familiares, que moram em Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio de Janeiro, passaram a ir com maior frequência para capital. Foram, ao lado de Fábio e Lucas, os pilares para colocar MT nos eixos. Embora o atleta tenha condições financeiras para viver fora do clube, a decisão por morar em São Januário teve como objetivo principal uma concentração maior em seus afazeres profissionais.

Juninho, que também fez bons jogos após descer para o sub-20, sofreu estiramento no músculo posterior da coxa direita na partida de volta contra o Fluminense, pela semifinal do Carioca da categoria, no último dia 15. O jogador encontra-se em fase final de tratamento.

Querido no sub-20 e com bom desempenho

 

No primeiro jogo pela equipe de juniores depois da volta, MT, assim como todo o time, não foi bem na derrota por 3 a 0 para o Nova Iguaçu. Na partida seguinte, porém, mostrou-se em outra condição. Foi o cérebro do time e teve excelente atuação na goleada por 4 a 0 sobre o Cruzeiro. Ele, aliás, abriu o placar num golaço ainda no início do duelo.

Foram 10 partidas no sub-20 entre o afastamento até o chamado de Diniz para conversar e, consequentemente, treinar com o grupo principal. Marcou três gols e, segundo profissionais que acompanharam a maioria dos confrontos, atuou bem em quase todos.

Além do chutaço no jogo contra o Cruzeiro, MT marcou belo gol de falta nos 3 a 0 contra o Grêmio, jogo no qual também iniciou a jogada do terceiro – feito por Tavares – com um lançamento de trivela. Na última segunda-feira, desmontou a defesa do Palmeiras com passe de calcanhar em lance que terminou no gol de Marcos Dias – o Vasco perdeu por 4 a 1 (todos os lances estão em vídeo no topo desta reportagem).

Outro fator observado por pessoas de dentro do Vasco é que MT não desceu para a base com a “marra” de atletas com passagens pelo profissional. Querido pelo grupo que, em sua maioria, já o conhecia, logo ganhou tratamento de referência dentro do plantel dirigido por Igor Guerra ao se portar como mais um deles.

A habilidade e a visão de jogo demonstradas nas últimas partidas pelo sub-20 do Vasco saltaram aos olhos de Fernando Diniz, que resolveu chamá-lo para o período de observação.

É importante frisar que a reintegração não está definida. MT terá de provar nos treinos que está em condições de voltar a atuar com o elenco profissional. E, mesmo que recupere o espaço, não é descartada a utilização em jogos do sub-20. Pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro da categoria, ele e Caio Eduardo podem enfrentar o Santos, na próxima terça.

Versatilidade e talento fazem Caio Eduardo, Buiu, ser observado por Diniz

 

O meia Caio Eduardo, conhecido na base como Buiu, chegou ao radar de Fernando Diniz por se tratar de uma das principais promessas do clube. O departamento de futebol aposta muito no atleta de 18 anos, que acumula passagens pela seleção brasileira nas categorias inferiores.

Puxado por Marcelo Cabo em duas oportunidades em 2021, Caio também agrada pela versatilidade. Além de meia, faz as funções de volante e lateral-esquerdo, posição na qual marcou o gol do título da Copa do Brasil Sub-20 de 2020.

Gol do Vasco! Caio Eduardo invade a área pela esquerda e finaliza, aos 47 do 2ºT

Caio Eduardo, o Buiu, tem um jogo pelo time profissional. Entrou na reta final da vitória por 3 a 1 sobre o Resende, pela última rodada da Taça Guanabara 2021.

Caio Eduardo, empurrado por MT, comemora o gol marcado na decisão da Copa do Brasil Sub-20, o do título do Vasco — Foto: André Durão

Caio Eduardo, empurrado por MT, comemora o gol marcado na decisão da Copa do Brasil Sub-20, o do título do Vasco — Foto: André Durão

Fonte: GE

Receba nossas notícias do Vasco pelo canal no telegram, acesse o link https://t.me/VascodaGamaoficial


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...

Close