Pai que perdeu gêmeos após esquecê-los no carro não responderá por crime - ValeSeuClick.com - Notícias do mundo inteiro, em tempo real

Pai que perdeu gêmeos após esquecê-los no carro não responderá por crime



Um pai, que não teve a identidade divulgada, não sofrerá nenhuma acusação criminal depois de ter esquecido seus filhos gêmeos, de 1 ano e 8 meses, dentro do carro por um dia inteiro, causando a morte dos bebês. O caso aconteceu no dia 1 de setembro, na cidade de Blythewood, na Carolina do Sul (EUA).

Foto ilustrativa de criança dentro de carro (Foto: Pexels)

Foto ilustrativa de criança dentro de carro (Foto: Pexels)

De acordo com informações do Daily Mail, o pai teria colocado os bebês nas cadeirinhas no banco traseiro por volta das 8h da manhã, com o intuito de deixá-los na creche e depois seguir para o trabalho, mas ele se esqueceu dos filhos e foi direto trabalhar.

Quando foi buscar as crianças na creche, por volta das 17h30, ele foi informado de que seus filhos não estavam lá. Foi então que lembrou que os pequenos ainda estavam no carro. Naquele dia, o veículo teria atingido temperaturas internas de até 48°C, e os gêmeos morreram devido à exposição ao calor.

Em recente entrevista coletiva, o xerife local Leon Lott afirmou que foi decidido que não será apresentada nenhuma queixa criminal contra o pai das crianças. Ele disse ainda que as mortes foram um “acidente trágico” e que a entrevista que o pai deu à polícia foi “a mais comovente” que já presenciou. “A emoção pura do pai não é algo que se pudesse fingir. Ele não teve a intenção de causar a morte dos bebês”, declarou o xerife.

Segundo Lott, o pai estava enfrentando uma “imensa pressão” no trabalho, fato que pode ter contribuído para que esquecesse os filhos no carro. “Infelizmente, às vezes o trabalho toma conta de toda a nossa concentração. Acho que foi isso que aconteceu”, disse o xerife. “Esse é o pior pesadelo para um pai”, completou.

Lott declarou que a polícia recomenda que os pais equipem seus carros com um “sistema de lembrete de banco traseiro”, que serve como um alerta para que os responsáveis não se esqueçam dos filhos. “Pedimos a cada pai que olhe para o banco de trás e certifique-se de tirar a criança”, apelou a legista Nadia Rutherford, na coletiva de imprensa. Nadia recomendou também que as creches contatem os responsáveis caso a criança não compareça algum dia.

Fonte: Revista Crescer

Você pode gostar...

Close