Com lesão na posterior da coxa direita, Castan deve desfalcar Vasco de três a quatro semanas - ValeSeuClick.com - Notícias do mundo inteiro, em tempo real

Com lesão na posterior da coxa direita, Castan deve desfalcar Vasco de três a quatro semanas


Substituído no primeiro tempo da vitória por 1 a 0 sobre o Vila Nova com dores na musculatura posterior da coxa direita, o capitão Leandro Castan desfalcará o Vasco nas próximas rodadas. Após ser avaliado pelo departamento médico nesta quarta-feira, foi constatada uma lesão na região, e a estimativa de retorno é de três a quatro semanas.

Castan sofreu lesão no mesmo local na primeira partida final da Taça Rio, em 16 de maio, na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo – na ocasião, também saiu no primeiro tempo. Voltou a jogar 34 dias depois e em alto estilo. Participou da vitória por 3 a 0 sobre o CRB, em São Januário.

O jogo contra os alagoanos foi o primeiro em que o Vasco terminou sem ser vazado na Série B 2021 – anteriormente havia perdido para Operário-PR e Avaí, ambos por 2 a 0, empatado com a Ponte Preta (1 a 1) e vencido o Brasil-RS por 2 a 1.

Castan, Vasco x Vila Nova, Série B — Foto: Alexandre Durão

Castan, Vasco x Vila Nova, Série B — Foto: Alexandre Durão

Com o zagueiro de 34 anos em campo, o aproveitamento do Vasco na Série B é bom (61,5%), inferior apenas em relação ao dos líderes Náutico e Coritiba (62,5%). Nos 13 jogos em que teve Castan em campo na competição, o time venceu sete vezes, empatou três, perdeu outras três e sofreu 11 gols.

A lesão sofrida por Castan interrompe uma sequência de 15 jogos em que atuou sempre os 90 minutos, exceção à vitória contra o Vila, na última quarta-feira. Além dos 13 na Segunda Divisão, participou dos dois duelos com o São Paulo pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Se deu segurança ao setor e foi figura importante no crescimento vascaíno dentro da Série B, nos duelos com o Tricolor sofreu contestação por falhas no Morumbi e pela expulsão no jogo do Rio de Janeiro.

Ricardo Graça se reapresenta e vira opção

 

Campeão olímpico com a Seleção na Olimpíada de Tóquio, o zagueiro Ricardo Graça, canhoto como Castan, reapresentou-se no CT Moacyr Barbosa nesta quarta-feira e está à disposição para a partida contra o Remo, pela 18ª da Série B e marcada para sexta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Baenão.

Por jogar pelo mesmo lado que Castan e ter entrosamento com Miranda, Graça está cotado para iniciar contra os paraenses. Não está descartada, porém, uma formação com três zagueiros. Desta forma, os pratas da casa teriam a companhia de Ernando.

Ricardo Graça, campeão olímpico e jogador do Vasco, se reapresentou no CT Moacyr Barbosa nesta quarta-feira — Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco

Ricardo Graça, campeão olímpico e jogador do Vasco, se reapresentou no CT Moacyr Barbosa nesta quarta-feira — Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco

Fonte: GE

Você pode gostar...

Close