Artilheiro do Vasco, Cano enfrenta maratona de 16 jogos consecutivos - ValeSeuClick.com - Notícias do mundo inteiro, em tempo real

Artilheiro do Vasco, Cano enfrenta maratona de 16 jogos consecutivos

dfads params=’groups=259′]

Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

Germán Cano comemora seu gol no empate do Vasco em 1 a 1 com o Coritiba pela Série B - Rafael Ribeiro / VascoArtilheiro isolado do Vasco e segundo maior goleador estrangeiro da história do clube, Germán Cano enfrenta uma maratona que já dura 16 jogos consecutivos. Aos 33 anos, o argentino é o terceiro que mais atuou na temporada com 23 partidas, ficando atrás apenas de Gabriel Pec – que tem 20 anos e soma 27 partidas – e Andrey, de 23 anos e que entrou em campo 24 vezes.

Considerando todas as temporadas, o atacante — que chegou no início do ano passado — é o quinto com mais jogos (74), sendo superado apenas por jogadores que têm muito mais tempo de Vasco, casos de Andrey (137), Leandro Castán (119), Romulo (114) e Ricardo Graça (99).

Não bastasse isso, dos 16 jogos consecutivos que Germán Cano soma atualmente, em somente dois ele não atuou os 90 minutos: na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo – no primeiro jogo da final da Taça Rio – quando foi substituído aos 40 minutos do segundo tempo; e na derrota por 1 a 0 para o Goiás, pela Série B, quando saiu aos 31 minutos do segundo tempo.

Germán Cano e o chef Charles: atacante contratou profissional para seguir dieta regrada em casa - Reprodução / Vasco TV - Reprodução / Vasco TV

Germán Cano e o chef Charles: atacante contratou profissional para seguir dieta regrada em casa Imagem: Reprodução / Vasco TV

Apesar da maratona que o experiente atacante enfrenta, o técnico Marcelo Cabo, por ora, não pensa em poupá-lo, a não ser que receba uma determinação do departamento médico.

O treinador fez questão de enaltecer o profissionalismo de Germán Cano, que é sempre um dos primeiros a chegar aos treinamentos e segue de maneira rigorosa as recomendações fisiológicas e nutricionais, incluindo até um chef particular que contratou para se alimentar fielmente ao cardápio estipulado para ajudar na prevenção e evolução de seu corpo.

“Cano se cuida muito, é exemplar na alimentação, chega muito antes do treino. É muito integrado ao departamento fisiológico e científico. Você vê a volúpia e a entrega do Cano. No dia que a gente entender de que o Cano deve ser preservado, nós vamos preservar, mas não posso abrir mão do nosso maior artilheiro. Cano é uma referência, é um expoente dentro do Vasco da Gama. É um líder dentro do grupo junto com Castan, Romulo e Vanderlei. Não posso abrir mão do Cano a não ser que o departamento médico diga algo. Ele se doa para o Vasco, veste essa camisa na concepção da palavra”, elogiou Cabo após o empate em 1 a 1 com o Coritiba, onde o argentino balançou a rede mais uma vez.

Cano ficou de fora de apenas seis jogos

Antes de engatar os 16 jogos consecutivos, Cano havia ficado de fora na derrota por 1 a 0 para o Madureira, no jogo de ida das semifinais da Taça Rio.

As outras vezes em que o argentino desfalcou o Vasco foram todas também no Campeonato Carioca: contra Macaé, Botafogo, Nova Iguaçu e nos dois jogos iniciais do Estadual, quando o Cruzmaltino atuou com uma equipe sub-20 contra Volta Redonda e Portuguesa.

Com 74 jogos e 37 gols com a camisa do Vasco até aqui, Cano tem uma média de um tento a cada dois jogos.

Fonte: UOL
Receba nossas notícias do Vasco pelo canal no telegram, acesse o link https://t.me/VascodaGamaoficial


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...

Close