Segundo jornalista, Vasco vai receber cerca de R$ 47 milhões à vista e manterá 10% dos direitos de Talles Magno - ValeSeuClick.com - Notícias do mundo inteiro, em tempo real

Segundo jornalista, Vasco vai receber cerca de R$ 47 milhões à vista e manterá 10% dos direitos de Talles Magno


Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

Talles Magno vai defender o New York City FC, dos Estados Unidos. No entanto, sua saída deixou para trás um rastro de polêmica. O Torcedores.com apurou que internamente existe um debate sobre os parâmetros da negociação.

Por outro lado, os torcedores lamentam nas redes sociais que o clube cruzmaltino tenha faturado pouco por um jogador promissor. Talles Magno foi negociado por US$ 12 milhões (R$ 63 milhões, pela cotação atual).

Desse total, o Vasco ficou com, US$ 9 milhões (R$ 47,4 milhões), que serão pagos à vista. Por outro lado, o jogador faturou US$ 1,8 milhões (R$ 9,4 milhões). Além disso, o clube conseguiu manter 10% sobre uma futura venda do atleta – inclusive entre clubes do mesmo Grupo City.

Uma fonte ligada a diretoria informou a reportagem que o Vasco ficou refém da pressão do empresário do jogador, Carlos Leite, para Talles Magno jogar nos Estados Unidos. Afinal, o clube rejeitou as últimas ofertas do futebol europeu pelo atacante.

Grupo City tinha concorrentes europeus

Inicialmente, o Vasco não tinha a pretensão de negociar Talles Magno. A ideia era valorizá-lo na Série B do Campeonato Brasileiro. No entanto, a diretoria manteve abertas duas frentes com o Grupo City: New York City FC e o Yokohama Marinos.

A possibilidade de venda ganhou força após sondagens de clubes da Espanha, Itália e Portugal. Mas o valor salarial oferecido pelo Grupo City é três vezes maior que o ofertado por representantes de equipes europeias.

Antes da venda, o Vasco chegou a recusar uma proposta do Grupo City. A primeira foi de US$ 4 milhões por 75% dos direitos econômicos do jogador. Diante da negativa, os investidores subiram os valores para US$ 9 milhões. E as partes, enfim, chegaram a um consenso.

O Grupo City acabou ganhando a concorrência do Metalist e do Shakhtar Donetsk, ambos da Ucrânia. Os clubes fizeram uma oferta inicial de 6 milhões de euros (R$ 38,4 milhões) por 75% do passe, com possibilidade de subir até 10 milhões de euros por bônus e metas atingidas.

Após a recusa, o Grupo City intensificou as conversas, subindo os valores fixos e apostando no diferencia do pagamento à vista. Talles Magno, inclusive, seguiu para o New York City FC para ganhar rodagem internacional e para estreitar laços dos investidores com a MLS.

Variação cambial favoreceu o Vasco

Talles Magno se tornou a segunda maior venda da história do Vasco levando em consideração os valores consignados em reais. O número 1 da lista é Paulinho, que foi negociado com o Bayer Leverkusen, da Alemanha, em 2018, por 18 milhões de euros (R$ 85 milhões, à época).

Fonte: Blog do Wilson Pimentel – Torcedores.com
Receba nossas notícias do Vasco pelo canal no telegram, acesse o link https://t.me/VascodaGamaoficial


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...

Close