Torcedores se mobilizam para que MP-RJ acione CBF para anular Vasco x Inter - ValeSeuClick.com - Notícias do mundo inteiro, em tempo real

Torcedores se mobilizam para que MP-RJ acione CBF para anular Vasco x Inter


Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

Imagem do dossiê enviado pelo Vasco ao STJD pedindo anulação do jogo contra o Inter - Reprodução

 

Um grupo de torcedores do Vasco iniciou um movimento por uma petição para acionar o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) contra a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e pela anulação da partida contra o Internacional. O jogo, válido pelo Campeonato Brasileiro e vencido pelo Colorado, ficou marcado pela polêmica envolvendo o VAR “descalibrado”.

No duelo, ocorrido em São Januário, o Inter abriu o placar com um gol de Rodrigo Dourado, mas não foi possível verificar se o jogador esteve em posição regular devido a uma pane nos equipamentos de análise em vídeo. A equipe gaúcha venceu por 2 a 0. Ao término da competição, o Cruzmaltino acabou rebaixado —na 17ª colocação, com 41 pontos, mesma pontuação do Fortaleza.

Em documento publicado na internet para angariar assinaturas, o advogado José Luiz Siqueira argumenta que, diante da análise do vídeo com os áudios da cabine do VAR, “o que se vê é a anatomia de um crime com dolo, de manipulação ilícita de resultado (…) o que viola de maneira explícita o artigo 41, alíneas c, d, e do Estatuto do Torcedor, lei federal em plena vigência, que prevê a anulação da partida e pena agravada aos envolvidos”.

Além da anulação da partida, há também um pedido para “abertura de séria investigação contra a CBF, solicitando a suspensão das atividades no futebol brasileiro sob a responsabilidade direta da CBF, até que os fatos sejam apurados”.

“Naquele jogo, no primeiro gol do Internacional, que gerou aquela polêmica toda na cabine do VAR, eu fiquei desagradavelmente surpreso. Os vídeos foram divulgados e, depois, houve um recorte onde há uma cena explícita de um crime de manipulação”, disse, ao UOL Esporte.

José Luiz Siqueira garantiu que tal movimento é exclusivo de torcedores e não tem ligação com o clube. Ele explica ainda o motivo de acreditar que a pauta pode ser aceita pelo MP-RJ.

“Nesta petição, abordo também a questão da ordem pública, que envolve direitos coletivos da nossa sociedade. Se os torcedores brasileiros deixarem de ter a crença no futebol, de que o resultado do campo vai ser respeitado na cabine do VAR… E esse vídeo é uma amostra de que poderá ter a descrença do torcedor. A questão de ordem pública interessa ao Ministério Público por ser um interesse social”, apontou.

O Vasco já havia acionado o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com um pedido pela anulação da partida, mas não obteve sucesso na empreitada. Agora, o clube avalia entrar na Justiça comum por um pedido de indenização.

O Cruzmaltino interpreta que houve um “erro de direito”, após a tecnologia não funcionar na tentativa de criar linhas imaginárias para verificar um possível impedimento no primeiro gol colorado, e entende que a consequente derrota trouxe prejuízos financeiros, já que posteriormente o clube foi rebaixado. O cálculo do clube é que a perda de receita foi de cerca de R$ 100 milhões na temporada.

Fonte: UOL

Receba nossas notícias do Vasco pelo canal no telegram, acesse o link https://t.me/VascodaGamaoficial


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...

Close