Vasco: Marcelo Cabo indica evolução e pode fazer testes no ataque - ValeSeuClick.com - Notícias do mundo inteiro, em tempo real

Vasco: Marcelo Cabo indica evolução e pode fazer testes no ataque


Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

Marcelo Cabo dá instruções ao Vasco em parada técnica na partida contra o Madureira, pelo Carioca - Rafael Ribeiro/Vasco.com.br

O técnico Marcelo Cabo não escondeu a frustração pelo empate com o Madureira, mas fez elogios ao que o Vasco demonstrou e ressaltou avaliar que houve evolução. Ainda em início de trabalho e em meio à chegada de reforços, o treinador tenta implementar sua digital e buscar a classificação à semifinal do Campeonato Carioca.

O time cruz-maltino só tem uma vitória até aqui na temporada, sobre o Macaé, e soma seis pontos, ocupando a oitava colocação do Estadual — pior colocação dentre os clubes com maior investimento. O Madureira, com 10 pontos, é o quarto colocado. Ainda restam cinco rodadas para o fim da Taça Guanabara, ou seja, 15 pontos em jogo, e o próximo compromisso é contra o Fluminense, chance para tentar encostar no pelotão da frente.

Contratado para a temporada 2021, Cabo, aos poucos, tenta colocar em prática uma nova filosofia. Um dos responsáveis pela reestruturação do elenco, ao lado do diretor de futebol Alexandre Pássaro, o comandante realiza testes e observações focando, principalmente, a disputa da Série B do Brasileiro.

O elenco tido como principal, inclusive, começou a atuar com a competição já em andamento, enquanto o Vasco usava um time alternativo sob o comando de Diogo Siston, do sub-20.

“Acho que Vasco fez grande partida, e o resultado foi muito ruim. Estamos em processo de evolução do Macaé para cá. Mais importante é que os meninos superaram adversidades, como o gramado alto que dificulta o melhor passe. Fizemos uma grande partida, os números são todos favoráveis ao Vasco. Infelizmente, tomamos dois gols na bola parada”, disse.

De fato, segundo dados do Footstats, a equipe de São Januário teve números favoráveis no confronto em relação ao adversário. Foram 57,9% de posse de bola, 461 passes certos, seis finalizações e 19 desarmes, para citar alguns exemplos.

Agora, o Cruz-Maltino tenta ultrapassar os obstáculos e ter atuações mais constantes para, quem sabe, engrenar de vez. Um dos erros quem devem ser corrigidos é a questão da bola área defensiva, que se tornou pedra no sapato nas últimas rodadas.

Testes no ataque

Após os anúncios dos atacantes Leo Jabá e Morato, a expectativa agora fica pela data em que estarão à disposição da comissão técnica. Enquanto isso não acontece, porém, Marcelo Cabo tem olhado a base. Tiago Reis e o meia-atacante Laranjeira ganharam oportunidades nestes primeiros passos e foram avaliados pelo treinador.

Fonte: UOL
Receba nossas notícias do Vasco pelo canal no telegram, acesse o link https://t.me/VascodaGamaoficial


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...

Close