Marcelo Cabo exalta a primeira vitória do Vasco no Carioca: "Jovens mostrando evolução" - ValeSeuClick.com - Notícias do mundo inteiro, em tempo real

Marcelo Cabo exalta a primeira vitória do Vasco no Carioca: “Jovens mostrando evolução”


Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

Após a vitória do Vasco por 3 a 1 sobre o Macaé, o técnico Marcelo Cabo destacou o desempenho de sua equipe que, segundo ele, foi muito superior. Esta foi a primeira vitória vascaína no Campeonato Carioca.

– O importante não foi só a vitória, mas o comportamento. Tivemos números expressivos. Foram 32 finalizações nossas contra 5 deles, 70% posse contra 30%. Sabíamos da dificuldade de jogar com adversário que joga com10 atrás da bola. O Macaé deu uma única finalização, uma bola parada que rendeu o gol. Hoje a equipe suportou melhor fisicamente. A vitória não foi construída de qualquer maneira, teve sabedoria, inteligência e entrega dos jogadores. Foi a primeira vitória de muitas – comentou.

Marcelo Cabo, Vasco, Macaé — Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

Marcelo Cabo, Vasco, Macaé — Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

O técnico também ressaltou a importância dos jogadores da base na vitória. Foi Vinícius quem sofreu o pênalti que resultou no segundo gol e Galarza fez o terceiro.

– Quero ressaltar a importância do Siston, técnico do sub-20, e de toda a categoria de base. Trabalhamos de forma integrada. Eu acompanhei a Supercopa e outros jogos. Agora, o mérito de trazer ele para o profissional é do relatório feito pela base. (Galarza) É promissor, mas precisamos ter calma. O gol de hoje ele costuma fazer nos treinos. É ambidestro, é jovem, precisamos de calma. O jogo estava 2 a 1, difícil, e eu coloquei ele pois tinha segurança do que apresentou nos treinamentos. Além dele, Vinícius fez a jogada do pênalti. O Ulisses entrou bem também. Então, com os experientes ajudando, isso será muito importante – analisou.

Veja outros temas abordados pelo técnico na coletiva após o jogo.

Primeira vitória

Traz confiança ao trabalho. A gente tem convicção no que faz no dia a dia. Há uma alegria no vestiário. Tivemos de poupar hoje quatro jogadores, afinal, temos de pensar no médio e longo prazos. Mesmo assim, a equipe foi bem. É claro que temos de ter resultado no Carioca, o Vasco é grande e sempre vai tentar ganhar, mas precisamos entender o planejamento para o ano todo. E falo isso em uma vitória. Vamos descansar agora para continuar e buscar a segunda vitória.

Esquema de jogo

O Vasco não vai ficar engessado em um único esquema. Temos de criar mecanismos dentro das nossas características e no que os nossos adversários apresentam. O Macaé viria no 3-6-1, então, criamos mecanismos para termos profundidade com os laterais, para abrirmos espaços no meio e explorar a troca de passes. Com certeza, vou usar em mais vezes. Mas é em cima do adversário e das características dos jogadores que terei à disposição.

Pec

Foi uma substituição tática. Léo estava cansado, não conseguia profundidade pela direita. Pec tinha se dedicado muito, estava cansado. Tinha a opção do Vinícius. Havia espaço nas costas do lateral deles e, assim, o Vinícius fez a jogada do pênalti.

Talles

Ele tem 18 anos e não está pronto. Ele vai oscilar, é normal. Eu passo muita confiança a ele, temos uma equipe que está trabalhando isso e todas as situações que ele está vivendo. Temos de ter paciência e cuidado ao cobrar. Se eu tivesse mais opções, eu já teria tirado ele. Ele fez só três treinamentos. Então, ele precisa de um preparo melhor, fazer trabalho físico, parar por uns 10 dias.

Cano

Amanhã vamos ter uma avaliação do Cano. Se ele puder, jogará contra no sábado. Aí, a gente vê quem pode ficar de fora. Abrir um período de uma semana até o jogo contra o Fluminense. Precisamos cuidar da questão física.

Marquinhos Gabriel

Ele está feliz no Vasco. É um dos pilares da equipe, tem sido importante para os jovens. Ele recuperou a alegria de jogar futebol. Ele tem demonstrado ser o pilar, seja na bola parada ou no jogo. Está sempre disposto a ajudar. Ele tem retomado o bom futebol. O começo dele é promissor. Quando ele estreou contra o Nova Iguaçu, não jogava fazia cinco meses. Quando tivermos como, vamos tirar ele por uns 10 dias e dar uma repaginada física. Para eu receber ele melhor.

Miranda e Juninho

São dois jovens, dois com 19 anos. Já pensei em colocar o Miranda de primeiro volante, tem bom passe, boa saída, ele vai proteger a área. Eu não gosto de improvisações, prefiro potencializar o jogador na sua posição. Apesar de jovem, liderou a nossa cozinha após a saída do Castan. O Juninho também está em formação. Ele teve mobilidade, protegeu a zaga. Ele só saiu por uma questão tática. A gente empatava e precisava de um time com mais coragem, usamos um 4-3-3 para pressionar mais eles.

Meio-campo

O Marquinhos Gabriel pode me dar essa alternativa. Ele pode também atuar pelo lado direito. Dou liberdade, assim ele circula nas costas dos volantes. Ele tem o penúltimo passe, tem a bola parada. Carlinhos, Pec, Laranjeiras… esses podem jogar nessa função. O importante é criar gama de opções para não ficar engessado e sem opções de mudança.

Mensagem ao torcedor

Quero dedicar essa vitória a eles e que eles possam continuar confiando e nos apoiando. Essa semana devem chegar novidades, a direção está trabalhando. Vamos fazer do Vasco o Vasco de hoje: jogando no ataque, buscando o gol e vencendo.

Fonte: GE

Receba nossas notícias do Vasco pelo canal no telegram, acesse o link https://t.me/VascodaGamaoficial


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...

Close