Vasco aposta em possível desinteresse do Inter para anular jogo no STJD - ValeSeuClick.com - Notícias do mundo inteiro, em tempo real

Vasco aposta em possível desinteresse do Inter para anular jogo no STJD


Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

Rebaixado matematicamente ontem (25), após a vitória insuficiente por 3 a 2 sobre o Goiás, o Vasco age nos bastidores e deposita todas as suas fichas no pedido de impugnação da derrota para o Internacional por 2 a 0, no último dia 14, para tentar permanecer na Série A do Campeonato Brasileiro. Internamente, o Cruz-Maltino cria uma esperança de que o vice-campeonato do clube gaúcho possa facilitar uma decisão a seu favor.

A teoria — não falada publicamente, mas conversada nos bastidores — é de que uma vitória no Tribunal seria mais difícil caso o Internacional tivesse se sagrado campeão brasileiro ontem. Agora, como o título ficou com o Flamengo, há um entendimento de que uma anulação não movimentará tanto o Colorado como aconteceria se o caneco fosse parar no Beira-Rio.

Essa tese, porém, tem suas ressalvas. Isso porque, em caso de impugnação e uma consequente perda de três pontos futuramente, o Internacional — com 70 pontos — deixaria a segunda colocação e seria ultrapassado na tabela pelo Atlético-MG, que terminou a competição com 68. Tal situação faria com que o clube gaúcho recebesse uma premiação menor — o vice garantiu R$ 31,3 milhões ao Colorado, enquanto o terceiro Atlético-MG embolsou R$ 29,7 milhões.

Hoje (26), às 15h, o presidente do Vasco, Jorge Salgado, concederá entrevista coletiva em São Januário acompanhado dos vices gerais Carlos Roberto Osório e Roberto Duque Estrada, do vice-presidente de finanças, Adriano Mendes, e do diretor executivo de futebol, Alexandre Pássaro. Os demais vice-presidentes de áreas do clube também estarão presentes no local. É anunciado que os dirigentes apresentarão “os cenários para o ano de 2021 e as medidas à serem implementadas para a reestruturação do Vasco.

Confiante, Vasco crê em “erro de direito” e vê impedimento “incontestável”

No Vasco o clima é de confiança de que é possível anular a partida, embora alguns especialistas refutem esta ideia. Após receber as imagens e áudios do VAR e fazer suas análises, o clube tem a certeza de que houve um impedimento “incontestável” e que os episódios ocorridos na partida foram “erros de direito”, situação que, se também for interpretada desta forma pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), embasa os argumentos por uma impugnação.

Durante a semana, o STJD abriu vista aos envolvidos e o Internacional enviou sua manifestação. Já o Cruz-Maltino fez a sua somente ontem e também reclamou de não ter recebido áudios e vídeos do pré-jogo, quando alegou ter sido impedido pelos integrantes do VAR de posicionar uma câmera da Vasco TV na lateral do campo para evitar conflitos de imagens. Algo inédito na competição, segundo os vascaínos.

Toda a polêmica se deu no primeiro gol colorado, marcado por Rodrigo Dourado, onde o equipamento do VAR falhou na verificação de um suposto impedimento.

O Vasco terminou o campeonato com os mesmos 41 pontos do Fortaleza, mas com um saldo de gols menor. Em caso de anulação da partida, o clube terá a chance de permanecer na Série A.

Fonte: UOL

Receba nossas notícias do Vasco pelo canal no telegram, acesse o link https://t.me/VascodaGamaoficial


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...

Close