Vasco: Apoiadores de Leven prometem boicotar posse dos novos conselheiros - ValeSeuClick.com - Notícias do mundo inteiro, em tempo real

Vasco: Apoiadores de Leven prometem boicotar posse dos novos conselheiros


Acesse nosso grupo do Vasco e saiba de tudo sobre o gigante da colina!

Conselheiros de Jorge Salgado tomarão posse em sessão solene na sede Náutica do Vasco hoje - Divulgação / Mais Vasco
Em sessão solene que acontecerá à partir das 19h30 de hoje (22) na sede Náutica, os 120 conselheiros eleitos de Jorge Salgado e os 30 do segundo colocado, Julio Brant, tomarão posse no Vasco. Como de praxe em todos os capítulos políticos do clube, o evento é cercado de polêmicas e indícios de judicialização.

Nesta questão específica, os problemas se deram a partir da convocação da sessão por parte do presidente do Conselho Deliberativo, Roberto Monteiro, apoiador do ex-candidato Leven Siano e responsável por entrar com algumas ações na Justiça tentando anular a vitória de Jorge Salgado na eleição de 14 de novembro de 2020.

Monteiro convocou o ato para o próximo dia 25, algo que gerou imediata discordância de seus opositores, que alegaram que o estatuto do clube é claro em afirmar que esta posse tem de acontecer na primeira semana da segunda quinzena de janeiro. Ou seja, tendo esta regra como base, Monteiro teria que ter feito a convocação entre os dias 16 e 22.

Presidentes da atual e da futura Assembleia Geral, Faues Cherene Jassus e Otto Carvalho, respectivamente, notificaram o dirigente exigindo que ele fizesse uma retificação e alterasse a data para o dia 22. Porém, foram ignorados.

Coube então ao presidente do clube, Alexandre Campello, emitir um ofício ao vice-presidente do Conselho Deliberativo, Sérgio Romay, para que o dirigente fizesse tal antecipação de data. No entanto, também não houve resposta.

Posteriormente, Campello se baseou no artigo 99 do estatuto para ele mesmo fazer a convocação para hoje, o que gerou reações por parte dos apoiadores de Leven.

Em contato com o UOL Esporte, Romay — que é do mesmo grupo político de Roberto Monteiro — alegou estar viajando no período em que foi notificado e só tomou conhecimento dos fatos na última quarta-feira (20). Porém, deixou claro que classifica a convocação como “irregular” e, portanto, um “ato nulo”.

Segundo ele, Jassus não tem competência para assinar a convocação junto com o Campello, assim como Otto, que, em sua visão, também não teria legitimidade para a assinatura, mesmo que já estivesse empossado no cargo de presidente da Assembleia Geral



Saiba tudo sobre o Vasco, acesse a CENTRAL DO VASCO
Boicote por parte de apoiadores de Leven

Na sessão de hoje também serão realizadas as votações para os integrantes dos conselhos Deliberativo e Fiscal. Elas serão feitas em formato híbrido, com os conselheiros podendo optar por votar presencialmente ou de maneira on-line.

Os conselheiros apoiadores de Leven Siano, porém, promoverão um boicote e não participarão deste pleito, numa forma de embasar e fortalecer o argumento de “ato nulo” destacado por Romay.

A tendência é que este capítulo também vá parar na Justiça seja como uma ação específica ou como instrumento nos processos que ainda correm nos tribunais sobre o confuso processo eleitoral vascaíno.

Posse de Salgado na semana que vem

Seguindo o rito estatutário, uma vez que o novo presidente do Conselho Deliberativo assume o posto hoje, caberá a ele convocar a posse de Jorge Salgado e seus vice-presidentes para a semana que vem, muito provavelmente para justamente o dia 25 (segunda-feira).

Polêmicas à vista…

Fonte: UOL

Receba nossas notícias do Vasco pelo canal no telegram, acesse o link https://t.me/VascodaGamaoficial


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...