Salão de Troféus do Vasco é reformulado e Centro de Memória recebe nova placa


Acesse nosso grupo do Vasco e saiba de tudo sobre o gigante da colina!

O Club de Regatas Vasco da Gama promoveu uma reformulação em seu Salão de Troféus, localizado em São Januário, trazendo o padrão da modernidade do conceito dos museus da Europa e dos Estados Unidos. A reinauguração ocorreu nesta terça-feira (19/01).

A gestão atual reorganizou o local classificando os títulos por setores de cada modalidade, colocando adesivos nas áreas, adicionando mais informações, iluminando o local e alterando e acrescentando novos painéis históricos, incluindo um sobre todos os presidentes do Clube. A reformulação irá tornar o Tour pela Colina Histórica mais atrativo e as informações serão repassadas com maior dinamismo.

Ainda nesta terça, o Centro de Memória do Clube ganhou uma placa alusiva ao local, desforrada em uma breve cerimônia que contou com a presença do atual Presidente da Diretoria Administrativa, Alexandre Campello, e do ex-Presidente Roberto Dinamite, além de outros membros da diretoria. A placa, aliás, remete ao ano de 2014, quando Dinamite inaugurou primeiramente o local onde hoje fica o Centro de Memória.

Celebração da reformulação do Salão de Troféus (Foto: Júnior Rodrigues)

Responsável por cuidar da área, que agora tem uma nova identidade visual, o Vice-Presidente de Relações Especializadas do Clube, João Ernesto Ferreira, falou com carinho sobre as entregas do setor.

– Hoje é um dia muito especial para todos nós da gestão Alexandre Campello. Estamos fazendo algumas entregas que foram prometidas durante esses três anos. Elas se resumem a uma nova identidade visual do Centro de Memória. No âmbito do Salão de Troféus, nós temos uma reformulação com adesivagens e também a inauguração da galeria dos presidentes e de dos painéis – comentou o Vice-Presidente de Relações Especializadas.

João Ernesto detalhou algumas reformulações feita no Salão de Troféus do Vasco.

– Por mais que a gente gostasse e cultuasse os quadros pintados dos presidentes, que edificaram a grandeza do Gigante, eles estavam dispersos e com uma identificação complexa do reconhecimento de cada um deles e, também, do período que eles administraram o Vasco. Pensando nisso e alinhando ao conceito moderno da museologia, nós trouxemos essas informações para dentro do Salão de Troféus do Vasco. Pela estrutura ser bastante moderna, ela poderá ser aproveitada no novo local. Nós tivemos a preocupação de investir em arranjos que pudessem ser reaproveitados – disse o Vice-Presidente, que acrescentou:



Red Bull Bragantino x Vasco: Confira as prováveis escalações, onde ver, desfalques e arbitragem

Vasco: Neto Borges volta ao time, e Luxa testa Andrey e Caio Lopes

Vasco é o 15° em aproveitamento de pontos no segundo turno do Brasileirão
– Inauguramos também uma nova placa sobre a Resposta Histórica, parecendo o papel da época envelhecido (1924), e apresentamos dois painéis com o mesmo conceito da galeria dos presidentes. Um é do patrono desse Clube, o Almirante Vasco da Gama. Ele fala sobre a vida do maior navegador dos mares que o mundo conheceu. O outro painel é sobre o Luís de Camões, o maior poeta da língua portuguesa, que tão bem descreveu na sua principal obra, Os Lusíadas, a saga dos navegadores portugueses, incluindo o Vasco da Gama.

Alexandre Campello, João Ernesto e Roberto Dinamite (Foto: Junior Rodrigues)

O atual Presidente da Diretoria Administrativa, Alexandre Campello, enfatizou sobre o que esse momento histórico representa para o Clube.

– O Vasco tem uma história muito rica. É motivo de orgulho para todos os vascaínos que batem no peito e dizem que o Vasco tem a história mais bonita do futebol. Tenho certeza que qualquer movimento de valorização como esse que foi feito no nosso Salão de Troféus é importante para toda torcida. Agora nós tornamos esse espaço mais agradável, fácil e didático ao ser visitado – relatou Campello.

O Presidente também comentou sobre a importância para o Vasco ao continuar e valorizar os projetos das gestões anteriores, ou seja, sem causar interrupções. Um exemplo disso foi o retorno da placa do Centro de Memória inaugurada na gestão de Roberto Dinamite:

– Os vascaínos precisam se habituar com o fato que podemos ter opiniões políticas diferentes, mas não podemos desconstruir o trabalho que já foi feito. Todo e qualquer dirigente que tenha somado com o Vasco deve ser valorizado. Recolocar a placa do Centro de Memória, construído na gestão do ex-presidente do Roberto Dinamite, é um ato de reconhecer o serviço que foi prestado. Nós não podemos desvalorizar ou tratar com ingratidão o trabalho que foi feito.

O ídolo vascaíno e ex-presidente Roberto Dinamite comentou sobre a sensação de voltar ao Clube e participar da desforra da placa do Centro de Memória.

– É literalmente mais um gol de placa. A placa simboliza a história do Vasco e a memória da nossa instituição. Eu fico muito feliz com o trabalho do João Ernesto e de toda equipe dele. Dar continuidade a esse projeto é fundamental para agregar conteúdo a essa geração que está iniciando agora e ainda não sabe da história e da vida do Clube. Para mim é motivo de muito orgulho. A placa, para mim, está em segundo plano. O que vale mesmo é o coração que carregamos dentro de cada um de nós – destacou Dinamite, que em seguida descreveu o impacto do evento desta terça para o Vasco.

– Hoje a história do Clube contada e falada tem um impacto diário. Agora a gente tem um espaço para visitar que você pode trocar informações. Acho que o caminho é esse de manter a chama do Vasco viva. Digo isso não só para mim, mas para uma geração que está iniciando e precisa saber da importância do Clube para todos nós. Para mim é motivo de muito orgulho estar aqui participando de algo que fiz parte da história do Vasco e acho que vou ficar nela. A geração que está iniciando vai dar continuidade a isso. Essa é a grandeza do Vasco. Precisamos mostrar que somos gigantes, muito fortes e que o Vasco merece o maior carinho e respeito por nós. Eu acredito que o melhor caminho para demonstrar o que o Vasco representa para cada vascaíno é não só respeitar, mas ter atitudes que venham de encontro a tudo aquilo que foi e é a história do Clube. A família vascaína precisa ter orgulho de torcer para o Vasco e saber a história do Gigante da Colina – finalizou Dinamite.

Fonte: Site Oficial do Vasco
Receba nossas notícias do Vasco pelo canal no telegram, acesse o link https://t.me/VascodaGamaoficial


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...