Michael Phelps enfrenta grave depressão; esposa teme perdê-lo




Michael Phelps sofre com a depressão - AFP

Recordista de medalhas e apontado como o maior de todos os tempos nas piscinas, Michael Phelps se aposentou da natação após participação nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016 . Desde lá, o ex-nadador vem enfrentando um quadro de depressão severa.
Sua esposa, que declarou em algumas ocasiões a dificuldade de lidar com a doença e o quão díficil é para ela, segue com medo de perder o marido.
“Havia uma parte de mim que não queria estar viva. Depois que a Vanessa perdeu o Kobe (Bryant, jogador de basquete) , tudo que pude fazer foi olhar para o Michael e dizer: podemos ajudá-lo? Porque, se eu perder você, não sei o que vou fazer”, desabafou Nicole Phelps.
O ex-nadador também já comentou em algumas entrevistas que enfrentou muitos altos e baixos enquanto lutava com a doença.
“Eu tive alguns altos e baixos assustadores. Essa doença nunca vai embora. A história sempre é a mesma: ‘ Michael Phelps teve depressão, superou depois de fazer tratamento, conquistou um leque de medalhas e agora vai dar tudo certo’. Eu gostaria que fosse verdade, mas acreditar nisso é cair na ignorância”, explicou.


Ao que tudo indica, Nicole é um grande suporte ao marido, servindo por diversas vezes como um apoio imprescindível.
“Eu costumava pensar que poderia consertá-lo, ser sua terapeuta, o que ele precisasse. Mas o que aprendi é que você não pode assumir a responsabilidade por como ele se sente, não importa o quanto você o ame. Na verdade, ele agora está nas mãos de profissionais que o fornecem as ferramentas certas para ajudá-lo”, comentou.
A Rádio Bio Bio também divulgou a necessidade que os filhos tem de se adaptar a situação que Phelps enfrenta.
“Eles querem estar perto do Michael quando ele está tendo um dia difícil. Eles querem tentar fazê-lo feliz, especialmente o Boomer, porque ele é o mais velho. Então temos que pedir: ‘ei, ‘Booms’, papai está passando por um momento difícil e ele só precisa de um momento para ficar sozinho.’ Queremos que Boomer entenda que não é sobre ele, é sobre Michael”, conclui.

Fonte: O DIA

Você pode gostar...