Luxemburgo reencontra Sampaoli após ‘cutucada’ em 2020


Curta nossa página e saiba de tudo sobre o Vasco!

Pressionado novamente pela zona de rebaixamento após duas derrotas seguidas pelo Campeonato Brasileiro, o Vasco entra em campo neste sábado (22) tentando frear o Atlético-MG, que precisa vencer para seguir vivo na briga pelo título nacional.

Dentro de São Januário, o time carioca sabe que o triunfo é fundamental para tentar deixar a zona da degola.

Neste cenário de objetivos distintos, um duelo particular acontecerá fora das quatro linhas. Dois dos treinadores de maior projeção no Brasileirão, Vanderlei Luxemburgo e Jorge Sampaoli se reencontrarão em um confronto que não acontece desde 2019, quando Luxa comandava justamente o cruzmaltino.

À frente do Santos naquela temporada, o argentino superou outras equipes até mais favoritas e levou o Peixe ao vice-campeonato nacional, e deixou o clube paulista logo após o encerramento do Brasileirão, por divergências com o então presidente José Carlos Peres.

Anunciado como técnico do Palmeiras para 2020, Luxemburgo criticou a forma como a imprensa badalava o trabalho de Sampaoli no Brasil.


Central do Vasco – Notícias do Vasco em tempo real
Citando o português Jorge Jesus, que havia faturado os títulos do Brasileirão e da Conmebol Libertadores meses antes no Flamengo, Luxa ‘cutucou’ os holofotes sobre o argentino.

“Os jornalistas foram bonzinhos demais com o Sampaoli. Ele fez um trabalho muito bom, botou o time na Libertadores. Mas não ganhou no Brasil. Ele perdeu no Brasil. Quem ganhou foi o Jesus. O Jesus ganhou em pouco tempo. O Sampaoli não ganhou. Respeitando a qualidade profissional dele”, disse o treinador durante entrevista dada à TV Globo em janeiro de 2020.

“‘Ah, mas ele jogava bonito'”. Espera aí! Quantos times você viu jogarem bonito no Brasil?”, concluiu.

Luxa quer triunfo inédito

O duelo citado acima entre Luxemburgo e Sampaoli terminou com a vitória do Santos, comandado pelo argentino, sobre o Vasco por 1 a 0, dentro de São Januário. O jogo deste sábado, inclusive, é uma nova oportunidade para que o brasileiro consiga seu primeiro triunfo contra o agora treinador do Atlético-MG.

Aos 68 anos, Luxemburgo já enfrentou o adversário oito anos mais novo em outras duas oportunidades antes do confronto pelo Brasileirão de 2019. À frente da equipe do Flamengo em 2011, Luxa encarou Universidad de Chile (CHI) na edição daquela temporada da Copa Sul-Americana, então treinada por Sampaoli.

O confronto não terminou bem para os brasileiros. Goleados por 4 a 0 no Maracanã por 4 a 0 em noite de Eduardo Vargas, o Rubro-Negro que contava com Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves acabou perdendo também em Santiago, desta vez por 1 a 0, e acabou eliminado nas oitavas de final.

Com 32 pontos em 30 rodadas, o Vasco é o 17º colocado no Brasileiro, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. O Atlético-MG é o 4º, com 54 pontos, cinco a menos do que o líder Internacional.

Fonte: ESPN.com.br
Receba nossas notícias do Vasco pelo canal no telegram, acesse o link https://t.me/VascodaGamaoficial


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...