Condenada por matar amiga, jovem ficará isolada por 7 dias



Isabele Guimarães Ramos foi morta aos 14 anos na casa da amiga — Foto: Instagram/Reprodução

Isabele Guimarães Ramos foi morta aos 14 anos na casa da amiga — Foto: Instagram/Reprodução

A adolescente condenada por atirar e matar Isabele Ramos Guimarães, de 14 anos, ficará isolada por sete dias no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Cuiabá. A Justiça mandou internar a adolescente nessa terça-feira (19).

Ela foi condenada a pena máxima de 3 anos de reclusão, podendo ser revista e atualizada a cada seis meses, em regime socioeducativo.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (Sesp), a adolescente passou a noite sozinha em quarto de isolamento destinado ao cumprimento de protocolo de sete dias de prevenção ao coronavírus.

Case masculino de Cuiabá; semelhante à unidade feminina onde a adolescente passou a noite — Foto: Sesp-MT

Case masculino de Cuiabá; semelhante à unidade feminina onde a adolescente passou a noite — Foto: Sesp-MT

Depois desse período, ela vai conviver com as demais adolescentes internadas no Case. No entanto, a adolescente dormirá sozinha em um quarto e cumprirá atividades de rotina no local, assim como as demais ‘moradoras’.

Atualmente o Case abriga outras cinco menores infratoras.

Fachada do setor administrativo do Case feminino de Cuiabá — Foto: Sesp-MT

Fachada do setor administrativo do Case feminino de Cuiabá — Foto: Sesp-MT

De acordo com a Sesp, as visitas presenciais estão temporariamente suspensas, de forma preventiva, em função do aumento de casos externos de coronavírus. Apesar disso, há possibilidade de agendamento de visitas online.


A decisão é da juíza Cristiane Padim da 2ª Vara Especializada da Infância e Juventude de Cuiabá.

Adolescente que atirou e matou Isabele é condenada a 3 anos de internação em regime socioeducativo em Cuiabá — Foto: Ianara Garcia/TV Centro América

Adolescente que atirou e matou Isabele é condenada a 3 anos de internação em regime socioeducativo em Cuiabá — Foto: Ianara Garcia/TV Centro América

Fonte: G1

Você pode gostar...