Bruno Henrique diz que falta de torcida interfere no desempenho do Flamengo


Com apenas 11 jogos a disputar no Brasileiro e a sete pontos do líder São Paulo, o Flamengo viu aumentar a carga dramática do duelo com o Ceará, domingo, no Maracanã, depois da derrota no Fla-Flu. Bruno Henrique concedeu entrevista coletiva nesta sexta e afirmou que outro resultado que não seja a vitória será trágico na luta pelo título.

Bruno Henrique, atacante do Flamengo — Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Bruno Henrique, atacante do Flamengo — Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Por isso, a derrota para o Fluminense, que ainda dói no atacante, serve de alerta. O Tricolor adotou uma postura defensiva, segurou o Flamengo e no fim conseguiu a virada. Bruno Henrique acredita que o Ceará seguirá a mesma estratégia.

– Se queremos ser campeões, temos que vencer. Não tem outro resultado que não seja esse. O Ceará vai vir do mesmo jeito que o Fluminense. É até bizarro falar isso. Mas o Fluminense batendo falta do meio de campo na área… não conseguia levar perigo para nós, e ainda virou o jogo. O Ceará vai ser da mesma forma. Temos que mudar a postura e fazer os gols. Precisamos estar bem compactos, assim como era em 2019. Todos correndo para trás, e todos correndo para frente. Assim, com nossa qualidade, conseguimos vencer os jogos – analisou o camisa 27.

O Flamengo caiu para quarto lugar na classificação com 49 pontos, mas as diferença para o São Paulo, que perdeu para o Bragantino, foi mantida em sete pontos. A equipe de Rogério Ceni tem um jogo a menos – contra o Grêmio, válido pela 23ª rodada, que será disputado no dia 28 de janeiro.


Motivos para as atuações abaixo do esperado

– A pandemia, tudo o que aconteceu… não conseguimos chegar como estávamos em 2019. Esse ano falta conquistar o bom futebol. Perdemos muito com a falta da torcida também. Eram 70 mil pessoas apoiando. Hoje, não tem pressão. Quem vem jogar contra, quer ganhar do Flamengo.

Fonte: GE

Você pode gostar...

Close