Salgado quer inclusão LBGTQI+ e Taça das Favelas para Barreira do Vasco


Acesse nosso grupo do Vasco e saiba de tudo sobre o gigante da colina!

Novo presidente do Vasco, Jorge Salgado terá vice-presidência para cuidar de causas sociais e história do clube - Divulgação / Mais Vasco

Novo presidente do Vasco, Jorge Salgado terá vice-presidência para cuidar de causas sociais e história do clubeImagem: Divulgação / Mais Vasco

Legitimado como presidente eleito do Vasco pela Justiça, Jorge Salgado terá uma vice-presidência exclusivamente para tratar de causas sociais. Ela será chamada de “Responsabilidade Social e História” e, entre outros planos, terá projetos de inclusão do público LGBTQI+ e de aproximação com a comunidade Barreira do Vasco, que é vizinha ao estádio de São Januário.

No comando da pasta estará Horácio Júnior, integrante do grupo político “Vasco do Povo” e figura conhecida por conseguir dialogar até mesmo com correntes oposicionistas. Ele pensa em não só realizar um trabalho em conjunto com as organizadas para excluir cantos homofóbicos nos estádios como também criar uma “Divisão de Equidade de Gênero e Inclusão Social” para acolher qualquer vascaína ou vascaíno que tenha sofrido algum tipo de preconceito dentro das instalações do clube. Além disso, quer gerar empregos internamente, principalmente aos transexuais.”Queremos fazer uma ação concreta de inclusão. É muito difícil o mercado de trabalho para eles, muita gente tem preconceito. Quero que o Vasco faça um programa específico para essa causa”, declarou Horácio ao UOL Esporte.

Taça das Favelas para a Barreira do Vasco

Outro projeto importante da base é voltado para a comunidade Barreira do Vasco. A ideia é apoiá-la na disputa do tradicional torneio Taça das Favelas, voltado para revelar talento às categorias de base do futebol feminino e masculino. A vice-presidência quer disponibilizar a infraestrutura de São Januário para os treinamentos e elaborar um processo seletivo, dando oportunidade, futuramente, aos principais destaques das duas modalidades às equipes do clube.

“É um projeto lindíssimo e ambicioso para caramba. Temos a estrutura, vamos dar uma comissão técnica e fazer um processo seletivo tanto para o masculino quanto para o feminino. É uma oportunidade deles tentarem, quem sabe, ter uma carreira. Quem sabe não sai um novo Patrick de Paula [jogador do Palmeiras revelado na Taça das Favelas] que possa fazer parte do Vasco?”, indagou Horácio, que também informou que a futura camisa do time da Barreira do Vasco será comercializada com a renda revertida para ações sociais na comunidade.


Quer saber as últimas notícias do Vasco, acesse a Central do Vasco

Dever de Casa: Vasco começa sequência de jogos contra times da parte de baixo da tabela, confira

Martín Benítez se despede do Vasco: ‘A partir de hoje sou mais um torcedor’

Futuro VP do Vasco: ‘O presidente do Vasco tem que ter o poder de ligar para o presidente do Barcelona e ser atendido na hora’

Athletico anuncia que transmitirá jogo com Vasco na plataforma Twitch
Durante a entrevista coletiva da última segunda-feira (21), Jorge Salgado também comentou sobre o projeto “Vasco da Barreira”:

“A Barreira é a nossa vizinha, então a gente tem que ter uma relação muito amigável. Isso que temos de fazer com a barreira. Vamos fazer algumas ações sociais lá. Tem um projeto interessante que é criar um time de futebol da Barreira para disputar campeonato de favelas. São nossos vizinhos, pessoas que têm uma vida em comum conosco”.

Reunião com o colégio

Na última terça-feira, o departamento de Responsabilidade Social e História teve uma reunião com o colégio Vasco da Gama, situado em São Januário, para detectar os problemas e as principais necessidades da instituição, que fornece estudo a 265 jovens.

Além do vice-presidente, Horácio Júnior, a pasta contará também como diretoras não-remuneradas Andreia Marcatto e Carolina Wong.

Fonte: UOL


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...

Close