Ewerton: Da tentativa de suicídio ao ensaio com a nova camisa do Vasco - ValeSeuClick.com - Notícias do mundo inteiro, em tempo real

Ewerton: Da tentativa de suicídio ao ensaio com a nova camisa do Vasco



Ewerton é barbeiro em Santa Cruz e frequentador assíduo de São Januário

Ewerton Rosa dos Santos teve a vida transformada pelo Vasco e pela Internet. Desde que viralizou ao ser filmado na arquibancada de São Januário em fevereiro até receber um telefonema do clube, no fim da tarde de um domingo de julho, para ser modelo do novo uniforme para a temporada de 2020. Uma guinada que deixa para trás o tempo em que tentou o suicídio.

Pelo nome, ele talvez seja pouco conhecido. Mas, aos 19 anos, o Gordinho da Colina virou celebridade entre os torcedores. Primeiro, pela forma como lida com seu corpo, cheio de autoestima. Depois, pelo esforço que faz para vingar na carreira de barbeiro no bairro de Santa Cruz, Zona Oeste do Rio, onde mora. A última foi aparecer vestindo a camisa que é a sensação da torcida, desde o anúncio da parceria do clube com a Kappa até o lançamento, no último dia 3.

Meses antes, em dezembro de 2019, Ewerton quase atingiu o fundo do poço. Ao não conseguir mais lidar com as dificuldades em se relacionar com os pais e em fazer a transição da adolescência para a vida adulta, tomou vários remédios que tinha em casa. Uma lembrança ruim, mas que ele faz questão de manter viva.

Curta a página do Valeseuclick.com e tenha acesso a todas as notícias

Novo CT do Vasco se chama CT do Almirante

Talles Magno quer Vasco unido por boa campanha no Brasileiro

Vasco adota teto salarial para contratações com status de ‘aposta’

Mistério: Deyverson faz postagens e agita torcida do Vasco nas redes

— Tenho ansiedade e tentei suicídio, mas graças a Deus deu errado. E tudo começou a melhorar com o Vasco, está ligado? O Vasco sempre foi minha válvula de escape. Isso não é só comigo, é com muita gente. A pessoa se sente bem por causa do Vasco. A gente se afasta da chateação indo ao jogo do Vasco, ainda que você chegue lá e possa ficar chateado com o time — afirmou, aos risos.

— Não tenho problema para falar sobre o que aconteceu, levo como uma superação. Os anos de 2018 e 2019 foram muito difíceis. Tive problemas familiares, a separação dos pais, a escola, a pressão. Um turbilhão de coisas acontecendo, eu querendo trabalhar como barbeiro e minha mãe travava. Isso mexia muito comigo. Até que chegou em um dia que o Vasco ia enfrentar o Goiás, numa segunda-feira, estava com tudo pronto para ir ao jogo e meus pais não deixaram. Foi quando peguei os remédios da casa, misturei tudo e tomei.

‘Parecia que eu era gente importante’

A chance de posar com a nova camisa do Vasco, segundo Ewerton, veio depois que ele foi às redes sociais pedir que o clube desse atenção aos gordinhos ao lançar a coleção e chamasse algum torcedor ilustre acima do peso para que fosse modelo. “Sugeri o Kevin o Chris, está ligado?”. Ele só não imaginaria que seria ele o convidado.

— Cara, eu nem acreditei. Tinha acordado de um cochilo domingo à tarde quando vi a mensagem do pessoal do Vasco. Chorei e tudo quando recebi o convite. Fiquei muito ansioso porque não podia contar para ninguém. Quando cheguei no lugar para tirar as fotos, tive que desligar telefone, um monte de coisa, parecia até prova do Enem. Eu estava muito nervoso, parecia que eu era gente importante, no lugar tinha uma mesa cheia de comida. Ninguém nunca havia me maquiado, não sei como conseguiram esconder todas as minhas espinhas — lembra.

Graças às amizades que fez nas idas a São Januário para acompanhar os jogos do time, Ewerton conseguiu R$ 2 mil arrecadados em uma vaquinha entre torcedores para montar seu próprio negócio. Foi com a fama que o Vasco trouxe que recebeu um convite para ser barbeiro em uma barbearia de Santa Cruz e assim juntar o dinheiro que ainda falta para virar microempresário:

— Minha vida mudou completamente. Hoje eu vou ao estádio e a torcida pede para tirar foto comigo, é um carinho muito maneiro. As amizades que eu fiz graças ao Vasco são as melhores. Muita gente faz amigos indo ao estádio torcer. Pode ter certeza, é como se fala, é muito mais que futebol.

Iniciativa recebe elogios

Não foi apenas Ewerton que o Vasco surpreendeu ao convidar para ser modelo da nova camisa. O departamento de marketing do Vasco chamou também dois sócios-torcedores que foram a mais jogos em 2019 para participarem do lançamento. Nas redes sociais, a ideia do clube, conhecido por seu caráter inclusivo, recebeu elogios.

— Para essa sessão de fotos, quisemos sair do óbvio que seriam jogadores e modelos e trabalhar nossos torcedores característicos. Escolhemos dois atletas criados no clube, um da base e outra do futebol feminino. Levamos dois sócios-torcedores que mais foram a jogos no ano passado e, para completar, dois torcedores característicos que se destacaram de alguma forma nos nosso jogos. E todos representando bem a diversidade da nossa torcida — explicou Fábio Monterosso, diretor de marketing.

O lançamento do novo uniforme do Vasco tem sido considerado um sucesso. Além do grande engajamento gerado nas redes sociais no dia 3, quando a coleção foi revelada ao público, os números alcançados nos primeiros dias de vendas têm sido um sucesso. De acordo com o site de vendas on-line Netshoes, a torcida quebrou o recorde de camisas vendidas em um primeiro dia de lançamento em 2020, superando as de Flamengo e Corinthians.

Fonte: Extra Online

Receba nossas notícias do Vasco pelo canal no telegram, acesse o link https://t.me/VascodaGamaoficial


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...

Close