Campello não participa de reunião, e Junta Deliberativa do Vasco vai montar comissão que pode puni-lo - ValeSeuClick.com - Notícias do mundo inteiro, em tempo real

Campello não participa de reunião, e Junta Deliberativa do Vasco vai montar comissão que pode puni-lo


A Junta Deliberativa Eleitoral do Vasco marcada para as 16h desta segunda-feira teve uma ausência importante: Alexandre Campello. O presidente do clube, que tem cinco dias para apresentar a lista de sócios aptos a votarem após liminar expedida pela desembargadora Valéria Dacheux, da 19ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, alegou que teria outro compromisso no momento da reunião.

Por unanimidade, a Junta deliberou transgressão estatutária de Alexandre Campello por não entregar a listagem de sócios de acordo com o que foi solicitado pelos outros quatro presidente de poderes. Com isso, será formada uma comissão de justiça para aplicar possíveis sanções, entre as quais estão suspensão ou até mesmo a expulsão do quadro de sócios do Vasco.

A montagem dessa comissão de justiça se dará por conta de a Junta ter observado transgressão ao artigo 99, incisos 19 e 20 do estatuto do Vasco. A Junta entende que ele não atendeu às definições dos poderes e não obedeceu o estatuto e o regimento interno do Vasco.

Prazo para entrega da lista à Justiça já está correndo

O departamento jurídico do Vasco foi intimado às 15h48, e a partir de então começou a correr o prazo de cinco dias úteis para Alexandre Campello entregar a listagem de sócios à Justiça.

No texto da desembargadora, exige-se que a lista contenha os seguintes dados dos associados:

“a listagem, em meio físico e/ou digital (em arquivo Excel), atualizada dos sócios estatutários que compõem o quadro social do clube, incluindo informações sobre o CPF/MF, filiação, endereço, telefone, datas de ingresso, categoria, informações se aderiram ou não aos programas de recadastramento e anistia de sócios ocorrido após 22.01.2018, além de todas as informações a respeito dos pagamentos e contribuições realizados pelos mesmos sócios, sob pena caracterização de ilícito penal”.

Alexandre Campello — Foto: Fred Gomes

Alexandre Campello — Foto: Fred Gomes

Fazem parte da Junta os seguintes presidentes de poder Alexandre Campello (Diretoria Administrativa), Roberto Monteiro (Conselho Deliberativo), Edmilson Valentim (Conselho Fiscal), Sílvio Godói (Beneméritos) e Faués Cherene Jassus, o Mussa (Assembleia Geral).

A Junta Deliberativa Eleitoral foi formada para a validação da lista de sócios aptos a votarem. Com essa apuração concluída, Faués Cherene Jassus poderá marcar a Assembleia Geral Extraordinária para que seja votada a reforma do estatuto, que inclui a definição por eleições diretas no Vasco.

Na última sexta-feira, o presidente da Assembleia Geral do Vasco, Faués Cherene Jassus, o Mussa, divulgou nota apontando falta de informações na lista de sócios entregue por Alexandre Campello, presidente do Vasco (leia no link acima). A ausência de dados como CPF e comprovantes de pagamento, conforme o dirigente, “dificulta a análise” para determinar se o associado tem condições de voto.

Fonte: Globoesporte.com


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...

Close