Felipe Araújo lembra a perda do irmão Cristiano: ‘Meu grande herói’

Saiba tudo sobre novelas! Se prepare para a nova novela das 9, entre no Grupo no facebook. Entre no Grupo de Novelas no Facebook Clique aqui – A DONA DA PEDAÇO. https://www.facebook.com/groups/128648017762517/



Felipe Araújo foi o convidado do Conversa com Bial desta sexta-feira, 1/11. Fenômeno do sertanejo, o cantor falou sobre sua trajetória de sucesso, da saudade do irmão Cristiano Araújo e da sua paixão pelo futebol e pelo filho. Ao lado do cantor, seu empresário, amigo e produtor musical, Rafael Vanucci, também participou do programa.

Felipe Araújo lembrou do irmão Cristiano — Foto: Fábio Rocha/Globo

Felipe Araújo lembrou do irmão Cristiano — Foto: Fábio Rocha/Globo

O talento está no sangue de Felipe. O compositor de 24 anos é irmão de Cristiano Araújo, saudoso cantor falecido precocemente em 2015, em um trágico acidente de carro. O cantor falou sobre a importância e a perda do irmão.

“Ele sempre foi minha inspiração. (…) Cresci ouvindo ele. O Cristiano sempre foi minha referência da vida. As primeiras coisas que eu fiz na vida foi junto com ele. A primeira vez que fui ao cinema foi ele que me levou, a primeira vez que saí para uma festinha, foi ele quem levou. Primeira vez que fui a um show, foi um show dele. Ele sempre foi meu exemplo, meu grande herói”.

Felipe Araújo falou sobre a perda do irmão Cristiano Araújo  — Foto: Reprodução/TV Globo

Felipe Araújo falou sobre a perda do irmão Cristiano Araújo — Foto: Reprodução/TV Globo

“Cristiano está presente em todos os momentos da minha vida, principalmente nos momentos de glória. Ele sempre está do meu lado, me apoiando, eu sinto isso quando estou cantando, nesses momentos como esse de realização de um sonho. Eu fico muito feliz em saber que tem um anjo assim olhando pela minha vida”.

“Tenho certeza que ele está muito orgulhoso de tudo que eu estou conquistando. Então sempre penso: o Cristiano vendo isso, ele ia ficar muito feliz”.

Felipe Araújo no 'Conversa com Bial' — Foto: Fábio Rocha/Globo

Felipe Araújo no ‘Conversa com Bial’ — Foto: Fábio Rocha/Globo

Hoje Felipe tem sua própria identidade e uma carreira bem-sucedida. O cantor revelou que no início foi chamado de “irmão do Cristiano” em cartazes de shows.

“Sempre me preocupei com as pessoas acharem que eu estava querendo me aproveitar da situação. Ninguém conhecia o meu trabalho que era anterior a isso”.

Felipe Araújo relembra emoção de cantar em Barretos

Felipe Araújo relembra emoção de cantar em Barretos

Bial lembrou que a apresentação de Felipe Araújo em Barretos ocorreu em 16 de agosto deste ano, exatos seis anos após a primeira vez do irmão Cristiano na festa. O público presente era de 70 mil pessoas.

“Eu não escolhi, foi uma coincidência incrível”, recordou Felipe.

Rafael Vanucci aproveitou para contar que ele e o pai de Felipe têm um projeto futuro para o cantor onde ele faria algo com as músicas do irmão: “O dia que ele se sentir bem com isso”.

Felipe Araújo revela que está solteiro

Felipe Araújo revela que está solteiro

Bial questionou sobre o atual estado civil do cantor. Ele foi direto: “Sou solteiro convicto. Acho que sou a pessoa mais solteira do Brasil”.

Felipe Araújo fala sobre o sucesso "Atrasadinha" e conta sobre parceria com Gusttavo Lima

Felipe Araújo fala sobre o sucesso “Atrasadinha” e conta sobre parceria com Gusttavo Lima

O hit “Atrasadinha”, definido como “pagodejo” pelo cantor, é candidato a música do ano. Felipe falou sobre o sucesso e lembrou de um vídeo feito pelo jogador de futebol Vinícius Junior, do Real Madrid, que fez a música rodar todo o mundo. Ele também contou que unificou a agenda de shows com Gusttavo Lima para 2020 e do início da carreira em uma banda de rock:

“É uma música que mudou a minha vida. Um grande divisor de águas da minha carreira”.

“Sou apaixonado, mas minha grande essência é lógico, é o sertanejo”, falou sobre o início no rock.

Felipe Araújo fala sobre amizades no ramo do futebol

Felipe Araújo fala sobre amizades no ramo do futebol

Além da música, Felipe reserva outras paixões, uma delas pelo futebol. Ele contou que, inclusive, empresaria alguns jogadores junto com outros três sócios e que é um torcedor – com direito a tatuagem – do Corinthians.

“Não sei se seria jogador profissional, mas eu gosto de jogar bola. Jogo bem. Para pessoas normais, eu jogo bem”.

Fonte: Gshow


Instale o aplicativo e tenha a notícia de todas as novelas em seu celular!

Você pode gostar...