Vasco enxerga dificuldades para manter Rossi em 2020



Rossi deve ser titular contra o Ceará, sábado, em Fortaleza Foto: Marcelo Régua / Agência O Globo

Um dos jogadores mais importantes do Vasco em 2019, o atacante Rossi tem o futuro em pauta em São Januário. Seu contrato vai até dezembro e internamente o clube enxerga dificuldades para mantê-lo por mais tempo.

Ele está emprestado pelo Shenzhen, da China, e o Cruz-maltino vislumbra apenas a possibilidade de um novo empréstimo para seguir com o jogador. Como seu contrato com os chineses vai até dezembro de 2020, a possibilidade deles aceitarem novamente repassar o jogador é pequena.

Por sua vez, em meio à política de austeridade financeira adotada, o Vasco não cogita fazer loucuras para contratá-lo definitivamente.

Ainda não há conversas com o jogador ou seu representante e o clube entende que dependerá muito da vontade de Rossi e da conversa que ele tiver com os chineses para que possa permanecer.

Desfalques contra o Ceará

Dos titulares do técnico Vanderlei Luxemburgo, é, ao lado de Henríquez e Richard, quem tem contrato até dezembro. Ele soma 33 partidas e três gols em 2019. No Brasileirão, jogou 21 vezes, marcou um gol e deu três assistências.

Para a partida de sábado, contra o Ceará, no Castelão, está mais do que confirmado no ataque e deve formar trio com Lucas Ribamar e Marrony. Ele é um dos pilares do esquema montado por Vanderlei Luxemburgo, de transição rápida da defesa para o ataque.

Enquanto que Rossi joga, Henríquez e Werley, seu substituto imediato, estão fora da partida em Fortaleza por razões médicas. Miranda ou Ricardo formará dupla de zaga com Leandro Castan.

Fonte: Globo.com


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...