Vasco estuda cláusula de produtividade para renovar com Maxi López - ValeSeuClick.com - Notícias do mundo inteiro, em tempo real

Vasco estuda cláusula de produtividade para renovar com Maxi López



Maxi López abraça Marrony após fazer o gol da vitória do Vasco sobre a Juazeirense Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

A diretoria do Vasco está cautelosa quanto ao futuro de Maxi López em São Januário. Tanto que, apesar do desejo de ampliar o contrato com o atacante, pretende colocar uma cláusula de produtividade no próximo compromisso do atleta. É justamente isso que ajuda a separar as partes de um acordo.



A ideia do argentino é ampliar o contrato até 2021. Já a diretoria ofereceu um vínculo até 2020, que seria renovado automaticamente por mais uma temporada, caso Maxi López atue no mínimo 60% das partidas. O desencontro em relação ao novo salário — o atual é de R$ 300 mil — também pesa.

A um mês de completar 35 anos, Maxi López atravessa momento ruim na equipe cruz-maltina, com atuações apagadas e apenas dois gols marcados. Quanto à assiduidade, desde que estreou pelo Vasco, ano passado, esteve em campo em 77% dos jogos.

Por causa de uma audiência, o camisa 11 foi liberado para viajar a Milão, na Itália. Com isso, ele está fora da partida de amanhã, contra o Resende, no Raulino de Oliveira, pela Taça Rio.


Você pode gostar...