Vasco aposta no isolamento para se manter na Série A do Brasileiro




Alberto Valentim tenta livrar o Vasco na última rodada

Se em 37 rodadas do Campeonato Brasileiro o Vasco não conseguiu a pontuação necessária para permanecer na Primeira Divisão, às vésperas da última o departamento de futebol aposta no isolamento total para o time conseguir ao menos o empate na partida contra o Ceará, domingo, no Castelão. Nesta quinta-feira, o coordenador de futebol PC Gusmão viajou para Fortaleza no começo da tarde para cuidar da logística na capital cearense. Na parte da noite, quem seguiu para a cidade foi o elenco.



A ida dos jogadores foi antecipada em um dia para que a concentração seja maior antes do jogo. Normalmente, em partidas fora do Rio, a delegação viaja com dois dias de antecedência, não três.

Para o zagueiro Werley, é importante o Vasco manter em mente que precisa apenas dos próprios esforços para permanecer na Primeira Divisão. Se empatar, a Série A está garantida. Se vencer, ainda sairá com uma vaga na Sul-Americana de 2019.



– Não precisamos fazer contas. Dependemos de nós – ressaltou o jogador: – Queremos terminar de forma digna a competição. Fizemos um ano muito irregular, não conseguimos ter uma sequência de vitórias. Eu acho que estamos sendo mais consistentes agora.

O Vasco não terá mais uma vez o goleiro Martín Silva. O uruguaio, com dores no joelho direito, não viajou, e Jordi será o reserva de Fernando Miguel na última rodada da Série A. Yago Pikachu e Henrique também estão fora da partida. A definição dos substitutos será um mistério que Alberto Valentim tentará manter até domingo para surpreender Lisca, técnico do Ceará.

Fonte: Extra Online



Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...