Maxi López não está inscrito na Sul-Americana e não poderá atuar nesta 5ª-feira contra a LDU




Maxi Lopez ganhou a 11 e vestiu pela primeira vez a camisa do Vasco

O que todo torcedor do ​Vasco esperava não vai acontecer na próxima quinta-feira (09). Apesar de o clube ter divulgado a lista de inscritos na Sul-Americana com o atacante Maxi López, o argentino não está regular para jogar pela competição, como o Esporte Interativo apurou. Com isso, o camisa 11 do Gigante da Colina não vai enfrentar a LDU-EQU, pelo jogo de volta da segunda fase do torneio continental.

O Esporte Interativo, após apurar a informação, entrou em contato com o presidente Alexandre Campello, que confirmou a não inscrição de Maxi López na Copa Sul-Americana.



“A informação que eu tenho é de que ele não está inscrito. Assim como Lenon, Castan e Vinicius Araujo. Que eu saiba, funciona da seguinte forma: você pode mudar de acordo com a passagem de fase. Se o Vasco passar da LDU, poderá trocar dois nomes. Se passar de fase novamente, poderá trocar mais dois nomes e assim por diante”, explicou o presidente.

Além disso, a reportagem do EI também entrou em contato com a assessoria do Vasco para saber o motivo de o nome do argentino ter sido divulgado no site oficial do clube. A explicação foi que a inscrição de Maxi López era provisória. O clube acreditava que os documentos para a regularização do atleta chegariam a tempo, mas o fato não ocorreu.



Ou seja: Maxi López só poderá atuar na Sul-Americana se o Vasco conseguir a classificação em São Januário. No primeiro jogo, o Cruz-Maltino perdeu por 3 a 1, em Quito, e precisa de uma vitória de 2 a 0 para passar de fase. Com isso, a estreia do argentino vai ficar para o duelo com o Palmeiras, no próximo domingo (12), pelo Brasileirão, no Allianz Parque.

REGULAMENTO EXPLICA A SITUAÇÃO: ​

Art. 47 Os clubes deverão submeter suas listas de jogadores (Lista de BoaFé) unicamente através do sistema informático COMET. Os clubes deverão fazer a inscrição e a Associação Membro deverá validá-la obrigatoriamente até 72h antes do início da primeira partida do clube na competição. Além disso, depois de validada pela Associação Membro, a lista deverá ser impressa, assinada e carimbada pelo Presidente ou Secretário Geral da Associação Membro e remetida através dos e-mails [email protected] e [email protected] Todo o processo deve ser finalizado até 72h antes do início da primeira partida do clube na competição. Aos clubes e Associações Membro que não possuem o referido sistema, lhes será fornecido um link de acesso com sua correspondente senha para que os primeiros possam realizar a carga de dados e as segundas possam validar os mesmos. ​

​Art. 48 Os clubes deverão apresentar uma lista inicial com no máximo 30 (treinta) jogadores, de acordo com o estipulado pelo Artigo 47 deste Regulamento. Os mesmos estarão numerados de 1 a 30 e tal numeração deverá aparecer na camiseta e no short. ​

​§1º Inscrição Provisória: A CONMEBOL permitirá até cinco (5) inscrições provisórias, analisando cada circunstância de acordo com o Artigo 44. As inscrições provisórias deverão ser feitas através do Formulário de Inscrições Provisórias – PRIMEIRA FASE (Formulário 2), o qual deverá ser enviado para os e-mails [email protected] e [email protected] até 72h antes da primeira partida do time na competição, ou seja, no mesmo prazo do envio da lista de Boa-Fé. ​

§2º Toda documentação para regularização da inscrição provisória dos atletas mencionados no §1º deverá ser remetida à Unidade Disciplinar da CONMEBOL através do e-mail [email protected] com cópia a [email protected] impreterivelmente até às 14h (horário do Paraguai) do dia anterior à primeira partida da equipe na competição. Caso não sejam recebidos os documentos completos dentro deste prazo, os jogadores não serão incluídos na lista de jogadores. ​

​A lista dos 30 atletas divulgada pelo Vasco, no dia 21 de julho, contava com Maxi López. Porém, todos os documentos do atleta deveriam estar com a Conmebol 14 horas antes (no horário do Paraguai) da primeira partida diante da LDU, que aconteceu no dia 25 de julho, em Quito. Ou seja: com a não chegada dos papéis, o argentino ficou impossibilitado de atuar.

Fonte: Esporte Interativo

nstale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina



Você pode gostar...