FFERJ convoca clubes e autoridades para reunião para debater volta do público nos estádios



Autoridades do futebol e da política, tanto municipal quanto federal, vão se reunir em encontro presencial na próxima sexta-feira, no Riocentro, Zona Oeste do Rio, para debater o protocolo de volta parcial do público aos estádios de futebol na cidade.

A Federação de Futebol (FERJ) convidou não apenas os órgãos da Prefeitura e do Governo do Estado responsáveis pelas questões de segurança e transporte, mas também chamou secretários de Brasília ligados ao tema.

Ronaldo Lima, secretário nacional de futebol e estatuto do torcedor, e Marcelo Magalhães, secretário de esporte, foram chamados para debater com as autoridades locais e os clubes.

A FERJ também convidou a CBF e os dirigentes das equipes cariocas. Não apenas Flamengo e Fluminense, representados pelo CEO do Maracanã, Severiano Braga, no primeiro encontro semana passada, como também Vasco e Botafogo, que até agora não participaram das conversas.

A Prefeitura estará representada pelo secretário de ordem pública, Gutemberg Fonseca. Além da Seop, foram chamados a Vigilância Sanitária, a Guarda Municipal, Bombeiros e a Polícia Militar, através do Batalhão Especializado em Operações em Estádios, o Bepe.

Curta a página do Valeseuclick.com e tenha acesso a todas as notícias

Jornalista diz que o ‘Vasco é o intruso à frente de Palmeiras e de Flamengo’

Marcos Júnior celebra boa atuação pelo Vasco no clássico

Em áudio vazado, Montenegro diz que Botafogo é o maior freguês da história do Vasco

SAIA DA CRISE: Ideias e cursos para ganhar dinheiro e ter sua própria renda

Quem não puder comparecer presencialmente será integrado ao encontro em forma de videoconferência. A expectativa é que o Secretário Estadual de Esportes, Felipe Bournier, também esteja presente.

A ideia é colocar em debate de fato como seriam os protocolos para o público acessar o estádio. Em seguida, os clubes, contando com Vasco e Botafogo, preparariam um documento para ser aprovado pela Prefeitura e a CBF, através de mediação da Ferj.

Segundo O GLOBO apurou, a primeira reunião, no começo da última semana, indicou que o retorno do público não deve acontecer em setembro, como inicialmente projetado. A perspectiva é envolver todas as autoridades e os clubes no debate para levar um terço da torcida de volta aos estádios a partir de outubro.

No caso do Maracanã, a ideia é que esse número se aproxime dos 20 mil lugares ocupados. Mas as autoridades de saúde ainda trabalham com uma quantidade pouco acima de 10 mil para as competições nacionais.

O Flamengo deseja ter o Maracanã aberto ao público na segunda fase da Libertadores, em novembro, e já vinha articulando o retorno da torcida. A Conmebol informou que a fase de grupos será sem público em todos os países.

Fonte: O Globo Online
Receba nossas notícias do Vasco pelo canal no telegram, acesse o link https://t.me/VascodaGamaoficial


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...

Close