Campello pede ajuda ao MP/RJ no processo eleitoral do Vasco


O presidente Alexandre Campello protocolou nesta quarta-feira um pedido para que o Ministério Público do Rio de Janeiro auxilie na realização das eleições do Vasco, marcada para 7 de novembro. O dirigente confirmou oficialmente nessa semana que tentará a reeleição.

Segundo Campello, em contato com ge, a busca pelo auxílio do MP/RJ se dá por conta do conturbado processo eleitoral e pela “falta de isenção das pessoas que participaram do processo”. O dirigente citou nominalmente o presidente da Assembleia Geral do Vasco, Faus Jassus, o Mussa.

– Já protocolamos pedido para que eles acompanhem esse processo para dar tranquilidade e isenção no processo que percebemos que não existe. Foi feito hoje (quarta). Espero que seja positivo, uma vez que é algo de interesse público, que envolve milhões de torcedores. Espero que o MP acate nosso pedido e tome a frente de processo, até para que mais à frente isso não resulte em um sem número de processos – disse Campello.

– Diante de tudo o que está acontecendo, dessa insegurança, já com judicialização por parte de algumas pessoas, para que tenhamos uma eleição limpa, pedimos que o MP intervisse nesse processo, devido acompanhamento para que haja lisura.

 

Campello será candidato à reeleição no Vasco — Foto: Raphael Zarko

Campello será candidato à reeleição no Vasco — Foto: Raphael Zarko

– Primeiro pela falta de isenção das pessoas que participam desse processo, está bastante claro que o Mussa não tem a isenção que precisa ter. Ele tem o lado político, apoia o lado do Júlio Brant, o filho (Luis Mussa) faz parte da chapa.

O presidente do Vasco seguiu apontando erros no processo eleitoral.

– Temos trabalhado para que seja um processo limpo. Fizemos o recadastramento, anistia com mais de dois anos antes da eleição para quem quisesse pagar. Estava aberto para qualquer um, não foi algo dirigido.

– No momento que a gente avalia a lista o clube tem uma empresa, que faz esse controle, gera relatório, publicamos mensalmente a lista de sócios no site. Fizemos uma lista com sócios adimplentes e recadastrados, todos os sócios que preenchiam os critérios para eleitores. Ai já houve contestação achavam que deveríamos inserir os remidos e benfeitores remidos. Mas a partir do momento que a pessoa não se recadastra, não posso garantir que ela está viva. Qualquer um que fizesse o recadastramento seria inserido. Eles fizeram por vontade própria inserir. Eu não vejo grandes problemas, a não ser o fato de que você já começa a ter uma desconfiança sobre a lista.

Campello pede ajuda ao MP/RJ — Foto: Reprodução

Campello pede ajuda ao MP/RJ — Foto: Reprodução

Campello pede ajuda ao MP/RJ — Foto: Reprodução

Campello pede ajuda ao MP/RJ — Foto: Reprodução

Campello pede ajuda ao MP/RJ — Foto: Reprodução

Campello pede ajuda ao MP/RJ — Foto: Reprodução

Campello pede ajuda ao MP/RJ — Foto: Reprodução

Campello pede ajuda ao MP/RJ — Foto: Reprodução

Campello pede ajuda ao MP/RJ — Foto: ge

Campello pede ajuda ao MP/RJ — Foto: ge

Outros trechos

 

Sócios anistiados

O outro movimento é que eles decidiram retirar da lista os sócios gerais que foram anistiados. Entendendo que os sócios gerais que deixam de pagar por três meses são eliminados. Mas aí temos que mandar carta e comunicar. Isso não foi feito lá atrás, o clube não fez seu papel. Historicamente muita gente deixou de ser sócio pela dificuldade que o clube impôs. Entendi que deveríamos reparar esses problemas abrindo a possibilidade dessas pessoas voltarem a pagar através da anistia.

Veio a convocação da AGO. Mandamos uma lista e incluímos uns sócios que não foram incluídos no AGE. Aqueles sócios que entraram em julho e agosto de 2019. Eles são considerados aptos a votar para a AGO, mas não para a AGE, que foi convocada em junho. A linha de corte foi aumentada para agosto.

Lista

– Foram estabelecidos os critérios, aprovamos que deveríamos assinar a lista. Mas entre a decisão e a publicação, mexeram na lista, inseriram alguns nomes, tiraram outros. Tem uma série de equívocos e erros. A gente percebe que existe um descompasso grande na junta que julga as impugnações.

Pedido de impugnação

– Teve até um pedido de impugnação do meu nome, alegando que eu não tinha pago, o que mostra incompetência. Foi um lançamento que foi pago em duplicidade. Paguei um e o outro foi cancelado. E dizem que estou inadimplente. Além do fato alguém ligado a Identidade Vasco pedir a minha cabeça.

Fonte: GE

Receba nossas notícias do Vasco pelo canal no telegram, acesse o link https://t.me/VascodaGamaoficial


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...

Close