Acordo reduz dívida em 56%, e Vasco pagará a Nenê R$ 1,2 milhão para encerrar processo na Justiça


O Vasco está prestes a resolver um grande processo que sofre na Justiça. Ao celebrar um acordo com redução de 56% no valor da dívida, o clube de São Januário concordou em pagar R$ 1,2 milhão ao meia-atacante Nenê, atualmente no Fluminense.

A proposta, celebrada entre as partes, foi enviada na terça-feira ao juiz Marcelo Segal, da 26ª Vara do Trabalho do Rio, responsável pelo caso. Se for homologada, a execução imediata deixa de existir, o que evita o risco de penhora de receitas.

Nenê deixou o Vasco no começo de 2018 rumo ao São Paulo — Foto: Paulo Fernandes/Vasco

Nenê deixou o Vasco no começo de 2018 rumo ao São Paulo — Foto: Paulo Fernandes/Vasco

Em 21 de maio, o GloboEsporte.com revelou que Nenê havia dado entrada no processo contra o Vasco, clube que defendeu entre 2015 e 2018. A cobrança inicial era de R$ 2,8 milhões por conta de salários, férias e FGTS não pagos, multa por rescisão não paga, juros e honorários advocatícios.

O acordo (veja abaixo) estabelece ainda que o novo valor de R$ 1.250.000,00 será pago a Nenê via Ato Trabalhista – a centralização das dívidas trabalhistas do clube na Justiça, cujo pagamento mensal é de R$ 2 milhões. Vasco e seu ex-jogador reconheceram mutuamente apenas as pendências de natureza rescisória.

Trecho do acordo do Vasco com Nenê enviado à Justiça — Foto: Reprodução

Trecho do acordo do Vasco com Nenê enviado à Justiça — Foto: Reprodução

Fonte: Globoesporte.com


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...

Close