Perto de acesso à elite na Arábia Saudita, ex-Vasco celebra volta por cima na carreira




Perto de acesso à elite na Arábia Saudita, Bernardo celebra volta por cima na carreira

Longe das polêmicas colecionadas ao longo da carreira e, principalmente, na passagem pelo Vasco, o meia-atacante Bernardo curte uma nova fase e vive ansiedade às vésperas de conquistar o acesso à primeira divisão da Arábia Saudita pelo Al-Khaleej.

Prestes a completar 29 anos, Bernardo, nascido em Sorocaba, interior de São Paulo, está há mais de um ano no futebol árabe, após passagens no Brasil por Cruzeiro, Goiás, Vasco, Santos, Palmeiras, Ceará, Coritiba, Ipatinga, entre outros. O meia-atacante admite que aprendeu com os erros do passado – os quais sequer comenta mais -, e se vê mais profissional desde a ida para o Oriente Médio.

– Me tornei um profissional mais focado visando apenas reconquistar o meu bom futebol e a minha confiança nos campos. Tenho sido uma das peças essenciais para meu clube, fiz parte de 1/3 dos gols feitos pelo Al-Khaleej. Posso dizer que me vejo mais maduro profissionalmente. Estou bem taticamente, me posicionamento melhor para ter mais chances de gol e visão de jogo e estou no meu peso ideal. Faço treinos além dos que são dados no clube, buscando aprimorar cada vez mais meu condicionamento físico – explica Bernardo.

Bernardo comemora gol pelo Al Khaleej  — Foto: Arquivo Pessoal/Bernardo Bernardo comemora gol pelo Al Khaleej  — Foto: Arquivo Pessoal/Bernardo

Bernardo comemora gol pelo Al Khaleej — Foto: Arquivo Pessoal/Bernardo

A mudança nos hábitos veio após Bernardo ver a carreira ficar comprometida por seguidos problemas extracampo e passagens sem sucesso por grandes clubes. A fama repentina conquistada no Vasco, a noite carioca e as amizades com “pessoas erradas”, segundo ele, atrapalharam o desenvolvimento da promissora carreira.


Os inúmeros episódios colocavam em dúvida a adaptação de Bernardo ao futebol árabe e à nova cultura. No entanto, o jogador explica que foi surpreendido pela receptividade na Arábia Saudita.

– A adaptação foi melhor do que eu imaginava, fui bem recebido pelo clube e tive total assistência em tudo que precisei . O que mais me chamou a atenção foram as 5 orações obrigatórias feitas por meia hora onde todos os estabelecimentos fecham. Por isso, coisas simples do dia a dia às vezes se tornam mais complicadas de serem concluídas. Num todo, o país é maravilhoso, os árabes são bem receptivos e totalmente diferentes do que eu imaginava – avalia.

Bernardo tem na companhia da esposa Patrícia Mello a válvula de escape para amenizar a saudade do Brasil. Há mais de um ano, desde que passou a atuar na Arábia Saudita, que o jogador não vê os pais, os filhos e os familiares.

– Apesar de desde cedo ter sido acostumado a ficar longe da família é bem difícil lidar com a distância, principalmente longe dos meus pais e filhos. O que me conforta são as ligações de vídeos que fazem nos sentir mais próximos. Tenho muito que agradecer a minha esposa que teve o papel fundamental na minha boa temporada e na minha evolução profissional e emocional, com a chegada dela eu rendi muito mais em campo e foi muito mais fácil a adaptação no país.


Bernardo e a esposa em dia de folga na Arábia Saudita  — Foto: Arquivo Pessoal/Bernardo Bernardo e a esposa em dia de folga na Arábia Saudita  — Foto: Arquivo Pessoal/Bernardo

Bernardo e a esposa em dia de folga na Arábia Saudita — Foto: Arquivo Pessoal/Bernardo

A história construída no Vasco, clube que Bernardo defendeu em três passagens e conquistou o título da Copa do Brasil em 2011, fazem o jogador ser frequentemente assediado nas redes sociais por torcedores que pedem a sua volta. Apesar de não esconder o carinho pelo time, Bernardo não prioriza o ex-clube caso surja a possibilidade de retornar ao futebol brasileiro.

– Tenho um carinho enorme pela torcida vascaína e um respeito pelo Vasco da Gama por tudo que ele representa na minha carreira, mas hoje não me vinculo a clube. Penso em voltar a jogar em alto nível em um grande clube no Brasil, seja ele qual for – revela Bernardo, que não descarta a chance de seguir no Oriente Médio.

– Meu contrato acaba no final da temporada, mas podendo ser prolongando. Estou adaptado e feliz na Arábia Saudita, hoje viso apenas terminar a competição em busca do acesso para a principal liga do país – finaliza.

Bernardo se diz totalmente adaptado na Arábia Saudita — Foto: Arquivo Pessoal/Bernardo Bernardo se diz totalmente adaptado na Arábia Saudita — Foto: Arquivo Pessoal/Bernardo

Bernardo se diz totalmente adaptado na Arábia Saudita — Foto: Arquivo Pessoal/Bernardo

Bernardo soma 29 jogos, 10 assistências e seis gols pelo Al-Khaleej, atual quarto colocado da segunda divisão da Arábia Saudita, que terá os três primeiros colocados promovidos à elite. A rodada final e que definirá o acesso será na próxima quarta-feira.

Para conquistar o acesso, o Al-Khaleej precisa vencer o líder Abha, fora de casa, e torcer para um tropeço do Al-Adalh, terceiro colocado. Caso isso não aconteça, o Al-Khaleej disputará, com um dos rebaixados da primeira divisão, uma vaga na elite em jogos de mata-mata.

Fonte: Globoesporte.com


Instale o Aplicativo do Vasco e fique por dentro de todas as notícias do Gigante da Colina

Você pode gostar...

Close