Maxi participa de 80% dos gols do Vasco e se torna ícone contra a 4ª queda



Maxi López não enfrenta o Atlético-PR
Um sopro de luz em meio a um Vasco aos trancos e barrancos no Campeonato Brasileiro. Assim tem sido Maxi López, que desde que chegou ao clube, participou de 80% dos gols da equipe nos jogos em que disputou.

São 11 partidas em campo e 10 gols feitos pelo time nestes duelos. Dentro deste contexto, o argentino contribuiu com quatro gols e quatro assistências.



Em apenas duas oportunidades ele desfalcou o Cruzmaltino por motivo de suspensão, já tendo somado seis cartões amarelos.

Assumindo o papel de líder, Maxi López chegou a fazer uma dura crítica à equipe ainda no intervalo do clássico com o Botafogo, quando o Vasco saiu atrás do placar e empatou com um gol dele.

“Parece que a gente precisa tomar um tapa para acordar. Precisa ser inteligente. A bola tem que chegar, senão chegar fica difícil”, disse ao Sportv.



Técnico vascaíno, Alberto Valentim informou que a ideia é deixá-lo o mais próximo possível da área. O treinador também o classificou como um líder:

“O posicionamento dele (contra o Botafogo) foi igual ao dos jogos anteriores. No segundo tempo baixamos a linha um pouco. Mas a ideia é sempre deixar ele perto da área, queremos usar a qualidade dele de pivô e na finalização. Além de ser um líder natural”.

O Vasco conseguiu sair da zona de rebaixamento com o empate por 1 a 1 com o Botafogo e subiu para 15º com 31 pontos.
Fonte: Uol.com


Você pode gostar...

Close